sexta-feira, dezembro 30, 2005

ORIGINALE DO BRASIL - The Last!!!!!!

Tema: Restrospectiva 2005!!!O que aconteceu de bom ou de ruim, as mudanças bruscas e/ou as mudanças pequenas, pessoas que conheceu, pessoas que se afastaram... enfim o que aconteceu e o que você espera de 2006?

Bom, a despeito da Micha, o tema desse último post do ano já ia ser esse mesmo... rs... Então, unindo o útil ao agradável, vamos lá:

Primeiro, olhem o que eu encontrei fuchicando os arquivos do meu blog que eu tenho no pc... Essas aqui foram as metas do Ano Novo passado, que eu postei no último post do ano ainda lá np Jululu:

>> Emagrecer de vez (chega de ser iô-iô)
>> Ir bem na faculdade de vez (cansei de ficar indo bem em umas e me f* em outras)
>> Ser menos implicante, teimosa, infatil e egoísta
>> Ter mais paciência, perseverança e força de vontade!!!

(eu mesma, 23 de dezembro de 2004)

Retrospectando (eu inventei isso ou exite??? hehe): O que eu consegui da minha meta?

Emagreci? Não se pode dizer que não. Não perdi todos os 10 kilos que eu queria, devo ter engordado "iô-iômente" (tô criativa hj!) o mesmo 1 kg durante o ano todo, e perdi uns 4 nesses ultimos 2 meses. Melhorou? Um bocado. Pode melhorar mais? VAI. Repito a meta pra 2006? Sim!

Fui bem de vez na facul? NÃO. Mesmíssima coisa de antes. Sim. A facul colaborou nisso? You're kidding, right? 4 meses de greve desanimam qq um.

Fui menos implicante, teimosa, infatil e egoísta? Mais ou menos, mais ou menos, sim, não. Me esforcei muito para isso, fiz grandes progressos. Resultado satisfatório.

Tive mais paciência, perseverança e força de vontade?? Sim, não e sim. Resolvi parar de pedir para ser paciente, pq quem sabe assim param de aparecer situações-pepino para eu testar se ganhei ou não. Força de vontade eu tenho, tenho é largar mão de ser preguiçosa. Hum... Nova meta para 2006: Abandonar a preguiça.

Ééééé... 2005 foi um ano difícil. Várias crises de adolescência atrasadas, decepções (cmg msm, com outros...), muitas brigas com o namorado, mãe doente (é, cancêr... e agora, curada, ainda bem!), muitas noites sem dormir, muitas chateações, saco tão cheio de tantas coisas que por pouco não estoura, enfim, foda. Não foi o melhor ano da minha vida. (Acho que vai demorar para superar 2003: The Year)

2005 foi um ano complicado em muitos aspectos, mas tb teve coisas boas também.

Amigos novos, por exemplo. Na facul, vários amigos novos. Pessoas que eu amei conhecer. Aqui, na net também. Pessoas com as quais me identifiquei pacas, que adorei conhecer, e aguardo para transferi-las para minha real o quanto antes. Amigos velhos, muito amados e essenciais como sempre. Blog novo, o recomeço anunciado que veio para ilustrar o novo período de melhora depois das crises. Cabelo novo, perfeito... rs*! Fim do CCAA (pro bem e pro mal). Livros, músicas, filmes, experiências, aventuras, sabores, sentimentos... tantas coisas... Nem lembro pra listar aqui...

Enfim, foi ruim, mas foi bom. Nessa vida, tudo é válido. O importante é que está indo, quase já foi, e eu continuo aqui, sobrevivi a esse 2005. E, mais uma vez, coloco no último post do ano a msm frase que eu botei desde sempre na última página de todas as minhas agendas, e botei no Jululu, e agora, aqui:

SORRIA !
ABRAÇE UM AMIGO !
COMEMORE !
FAÇA UM PEDIDO !
FELIZ ANO NOVO !
FELIZ ANO TODO !

Feliz 2006 e tudo mais do que bom à todos aqueles que sobreviveram comigo a esse ano!! Um grande beijo, e agora, aos fogos!!!

quarta-feira, dezembro 28, 2005

Eu devo ser muito boba mesmo.

Terminei de ler Harry Potter 6 - "The half blooded prince", tradução torta "e o enigma do príncipe".

Chorei, tá. Chorei no fim. Eu sou mesmo muito emotiva. Ou boba. As duas coisas, provavelmente.

No próximo livro acaba. Poxa, eu gostei muito do Harry. Ele me conquistou, logo de cara, na "Pedra Filosofal", há muitos anos... Eu o acompanhei assiduamente desde sua estréia. Passamos o fimzinho da minha adolescência juntos. E agora está prester a acabar.

Pra mim, ler um livro é muito mais do que apenas compreender as palavras, frases...
É ter um caso, é viver uma paixão platônica, é como uma relação sexual... a gente não quer que acabe nunca, mas sabe que é inevitável...

O ruim é que a gente sabe que vai ser bom, mas que vai acabar, e que nessa hora vamos fikr tristes, ou com gostinho de "quero mais", mas mesmo assim pula de cabeça nesse affair...

O fato é que eu fiquei feliz, pelo Harry, triste pelo Harry, e mais triste por mim mesma, por mais um romance que está para findar, e por tudo isso eu chorei.

Odeio essa fase "pré-fim"... sempre paro de ler quando estou quase lá só para postergá-la...
E é só nessas horas que eu entendo perfeitamente a Clarice...

"Chegando em casa, não comecei a ler. Fingia que não o tinha, só para depois ter o susto de o ter. Horas depois abri-o, li algumas linhas maravilhosas, fechei-o de novo, fui passear pela casa, adiei ainda mais indo comer pão com manteiga, fingi que não sabia onde guardara o livro, achava-o, abria-o por alguns instantes. Criava as mais falsas dificuldades para aquela coisa clandestina que era a felicidade. A felicidade sempre ia ser clandestina para mim. Parece que eu já pressentia. Como demorei! Eu vivia no ar... Havia orgulho e pudor em mim. Eu era uma rainha delicada. Às vezes sentava-me na rede, balançando-me com o livro aberto no colo, sem tocá-lo, em êxtase puríssimo.

Não era mais uma menina com um livro: era uma mulher com o seu amante."

(Felicidade Clandestina - Clarice Lispector)

sexta-feira, dezembro 23, 2005

Tema: Restrospectiva 2005!!!O que aconteceu de bom ou de ruim, as mudanças bruscas e/ou as mudanças pequenas, pessoas que conheceu, pessoas que se afastaram... enfim o que aconteceu e o que você espera de 2006?

Bom, o despeito da Micha, o tema desse último post do ano já ia ser esse mesmo... rs... Então, unindo o útil ao agradável, vamos lá:

Primeiro, olhem o que eu encontrei fuchicando os arquivos do meu blog que eu tenho no pc...
Essas aqui foram as metas do Ano Novo passado, que eu postei no último post do ano ainda lá np Jululu:

>> Emagrecer de vez (chega de ser iô-iô)
>> Ir bem na faculdade de vez (cansei de ficar indo bem em umas e me f* em outras)
>> Ser menos implicante, teimosa, infatil e egoísta
>> Ter mais paciência, perseverança e força de vontade!!!

(eu mesma, 23 de dezembro de 2004)

Retrospectando (eu inventei isso ou exite??? hehe): O que eu consegui da minha meta?
Emagreci? Não se pode dizer que não. Não perdi todos os 10 kilos que eu queria, devo ter engordado "iô-iômente" (tô criativa hj!) o mesmo 1 kg durante o ano todo, e perdi uns 4 nesses ultimos 2 meses. Melhorou? Um bocado. Pode melhorar mais? VAI. Repito a meta pra 2006? Sim!
Fui bem de vez na facul? NÃO. Mesmíssima coisa de antes. Sim. A facul colaborou nisso? You're kidding, right? 4 meses de greve desanimam qq um.
Fui menos implicante, teimosa, infatil e egoísta? Mais ou menos, mais ou menos, sim, não. Me esforcei muito para isso, fiz grandes progressos. Resultado satisfatório.
Tive mais paciência, perseverança e força de vontade?? Sim, não e sim. Resolvi parar de pedir para ser paciente, pq quem sabe assim param de aparecer situações-pepino para eu testar se ganhei ou não. Força de vontade eu tenho, tenho é largar mão de ser preguiçosa. Hum... Nova meta para 2006: Abandonar a preguiça.
Ééééé... 2005 foi um ano difícil. Várias crises de adolescência atrasadas, decepções (cmg msm, com outros...), muitas brigas com o namorado, mãe doente (é, cancêr... e agora, curada, ainda bem!), muitas noites sem dormir, muitas chateações, saco tão cheio de tantas coisas que por pouco não estoura, enfim, foda. Não foi o melhor ano da minha vida. (Acho que vai demorar para superar 2003: The Year)
2005 foi um ano complicado em muitos aspectos, mas tb teve coisas também.
Amigos novos, por exemplo. Na facul, vários amigos novos. Pessoas que eu amei conhecer. Aqui, na net também. Pessoas com as quais me identifiquei pacas, que adorei conhecer, e aguardo para transferi-las para minha real o quanto antes. Amigos velhos, muito amados e essenciais como sempre. Blog novo, o recomeço anunciado que veio para ilustrar o novo período de melhora depois das crises. Cabelo novo, perfeito... rs*! Fim do CCAA (pro bem e pro mal). Livros, músicas, filmes, experiências, aventuras, sabores, sentimentos... tantas coisas... Nem lembro pra listar aqui...
Enfim, foi ruim, mas foi bom. Nessa vida, tudo é válido. O importante é que está indo, quase já foi, e eu continuo aqui, sobrevivi a esse 2005. E, mais uma vez, coloco no último post do ano a msm frase que eu botei desde sempre na última página de todas as minhas agendas, e botei no Jululu, e agora, aqui:
SORRIA !
ABRAÇE UM AMIGO !
COMEMORE !
FAÇA UM PEDIDO !
FELIZ ANO NOVO !
FELIZ ANO TODO !

Feliz 2006 e tudo mais do que bom à todos aqueles que sobreviveram comigo a esse ano!! Um grande beijo, e agora, aos fogos!!!
Originale do BRASIL

Tema: O que o Natal significa para você? Conte o significado dos dias atuais e conte também de quando era como você era criança. Das lembranças boas, das saudades...enfim, conte o que você quiser!

O que o Natal significa para mim? Nhuumm... Já devo ter parado para pensar nisso, mas provavelmente nunca terminei o pensamento...vou (tentar) concluir para vcs então!

Natal é uma festa de família para mim. Na miha concepção de mundo, o "rumo certo das coisas" é passar o Natal com a parentada, revesando entre a materna e a paterna a cada ano. Mesmo na época em que eu pensava que qq ocasião que reunisse aquele povo que tem o msm sague que eu iria ser o mais perfeito tédio e a pior situação possível, da qual eu faria tudo para escapar, eu sempre achei que Natal é sagrado. Natal é família.

Por causa da comida? Não tanto... para isso prefiro a Páscoa, rs... não curto rabanada, fios d ovos e peru. Fico só no tender (se for passar com a família por parte de pai) ou no bacalhau (na famíla da minha mãe), e em geral passo fome.

Por causa dos presentes? HA-HA-HA!! Só teria gostado do Natal até os 9 anos se fosse assim... Garantido msm só de Mamy e Dad, o resto da família deixa bastante a desejar nesse quesito. Uma parte pela situação de vida, o que é absolutamente natural, e a outra pq simplesmente sempre erram no que dão... Não, eu não gosto de roupas com brilhos e pendurucalhos, eu não gosto de bijuterias espalhafatosas e só uso prata/prateados, meu pé não é 37, é 38, não uso calcinhas cavadas, vestidos de malha, rosa-choque, música e perfume é uma coisa extremamente pessoal, tenho mais de 20 pijamas e, please: no more bibelôs de gesso... já passei dessa fase, tenho uma porrada deles e quando eu sair da casa paterna, não pretendo levar nenhum...

Por causa do clima de paz, amor? Pode ser... Essa "hipocrisia" é suportável. Só essa. Faz bem tb, é melhor do que ficar pensando em coisas tristes. Esquecer do mundo é bom d vez enquando.

Por que Jesus nasceu? Não. Nenhuma conotação religiosa nessa data para mim. Só serve para ter mais o que escrever nos cartões que eu dou para a parte crente da minha família. Fica bonitinho e eles ficam felizes. E acabou por aí. Nada contra o recém nascido, ele foi uma pessoa importantíssima na história do mundo, eu respeito muito sua imagem e suas palavras. E respeito mais ainda o seu "feriado mundial", rs...

Por causa das luzinhas? SIIIIM. A cidade fica lin-da. Devia ser assim o ano todo! Eu fico que nem criança admirando!

Por que a minha família é legal e eu morro de rir com eles? SIIIIIIIIM!!!

Por que eu estou crescendo e vejo como são importantes na minha vida e como o Natal é uma data perfeita para demostrar isso? Por que eu os amo e amo ficar com eles? YEEEEEEEEEEESSSSS!!!!!!

Por que assim eu alivio a minha barra e tenho uma desculpa perfeita para poder passar o Ano Novo com os amigos? Muita coisa. (Ano Novo NÃO é festa de família. Os Corrêas e os Nascimentos que me desculpem, mas ele não são - abertamente - a minha primeira r melhor opção para a data. E não sou só eu que acha isso não. Pode perguntar para qq membro da minha geração, parem de me colocar como ovelha negra!P)

Enfim... o Natal pra mim significa Família, felicidade, diversão. Afinal, é uma festa né? Espero sinceramente que todos tenham um ótimo Natal esse ano! Seja lá quais forem as razões para gostarem dele, que elas se confirmem e continuem sendo perfeitas nesse ano, para todos!!

... ... ...

Eu estou indo pro Rio amanhã. Esse ano é na parentada paterna. Vamos fazer, pela primeira vez, um amigo oculto. (Please, Jesus, se essa data é para vc, pelo menos faça com quem alguém de bom gosto tenha me tirado!!)

... ... ...

FELIZ NATAL PARA VCS!!! TUDO DE BOM!!!

terça-feira, dezembro 20, 2005

1ª Lição da semana: Não confie em ninguém totalmente.

2ª Lição da semana: Farinha pouca, meu pirão primeiro.

3ª Liçao da semana: Garanta sempre que seu dinheiro permaneça no seu bolso.

4ª Lição da semana: Não faça favores que não te pediram para fazer. Vc não será reconhecido. Vai ficar na merda e ainda corre o risco de escutar comentários desagradáveis.

5ª Lição da semana: Família é família. E a minha é a melhor do mundo mesmo com todos os pesares.

6ª Lição da semana: Todos os problemas de relacionamento entre irmãos é culpa da presença dos pais. E todos podem ser resolvidos com lanches no MacDonalds.

7ª Lição da Semana: There's just no place like home.

... ... ...

triste porque a falta de competência de uma pessoa frustou meus planos. A coordenadora inútil do CCAA por pura imcopetência acabou por melar meu curso de verão para dar aulas, que seria em janeiro, simplesmente pq não sabia a data em que terminavam as inscrições e perdeu o prazo. Eu quero que ela sofra as mais terríveis dores e amarguras que uma mente pervertida possa imaginar.

... ... ...

Fiz escova progressiva sem formol dessa vez. Ontem. Daqui a 3 dias, quando eu lavar o cabelo e ver o resultado efetivo, digo se fiquei feliz ou não.

... ... ...

Amanhã é o aniversário da minha avó materna - e melhor amiga - Dona Nilce. 70 anos. Ela é linda e muito especial para mim. E eu tô a-guan-do o kibe de forno que ela disse que vai fazer

... ... ...

Meu namorado me faz muito feliz e essa semana foi ótima por causa dele, que graças a Deus passou na faculdade.

... ... ...

Tô de "férias" e voltei para CF hj.

... ... ...

Acabei de matar uma barata aqui. se o post estiver meio confuso é o efeito da luta. Bjos!

quinta-feira, dezembro 15, 2005

A GREVE ACABOU!!!!!!!!!!!!

NÃO TÔ ACREDITANDOOOOOOOOOOO!!!!!

Cambada de professores mulas usando antolhos ... acabar às vésperas do Natal, tem que rir desses sindicalizados ridículooooooossss!!!
Mas o importante é que acabou e agora eu tere reposição de apenas 2 matérias, uma das quais só começa em fevereiro e a outra eu vou pedir pro profº-múmia-fumante compulsiva para me liberar de assitir no meio de janeiro pq afinal, eu estarei em Cabo Frio, gastarei 20 reais para descer p Nkt, pegar engarrafamento, 6 h d viagem de ônibus, sendo que eu já falo inglês muito acima do que o titular do inglês 8 pode imaginar para ter que assistir aquela aula digna de basic 1.1. nobody deserves!

... ... ...

Hoje comprei o sapato das festas que estão chegando - uma rasteirinha linda; assim como o presente do meu amigo oculto familiar de Natal. E estou totalmente lisa pq chegara várias contas e eu tive que pagar por mim e pela Louise.

... ... ...

Estou quase acabando de reler Harry Potter 5... Até que tá legal, da primeira vez que li achei o pior de toda a série. AAgora subiu um pouquinho de nivel...

... ... ...

Gente, tô em Nkt, usando o Oliver que se recusa a abrir mais de uma janela de sites ao msm tempo e tô estudando para as provas que me fizeram reornar do meu balneário. Não sei se vai dar p visitar todo mundo... que droga... mas fica aqui um beijo e uma satisfação: eu não sumi! Bjo!

domingo, dezembro 11, 2005

Quand tu me prend dans tes bas
Quand je regarde dans tes yeux
Je vois que dieu existe
C´ est pas dur croire

- En tus pupilas, Shakira

(Quando você me prende em seus braços
Quando olho dentro dos seus olhos
Eu sei que Deus existe
E não é difícil de acreditar)


Chuvinha caindo tão fina... qual é a palavra mesmo? Acho que é drizziling... palavra meiga, com um som meigo de se ouvir... a música da Shakira é meiguinha também...No MediaPlayer ela está marcada para repetir sem parar, até enjoar... até a chuvinha parar... até a meiguice se esgotar...

Será que ela acaba? Na tv da sala, video de um dia meigo, um 4 de outubro de 97, o meu aniversário de sei lá quantos anos... 9? Cena meiga no Bwana Park: a família brinca com uns filhotes de tigre que estavam lá para serem tratados e depois devolvidos ao dono. Tigrinhos filhotes que parecem gatinhos... meigos, meigos...

...Só uma pessoa faltando na cena, que está longe e ocupada nesse momento...

Domingo meigo de chuva em casa... at last...

quarta-feira, dezembro 07, 2005

nhééééé... (não é engraçadinho quando a gente tenha escrever os nossos "sons"? rs*)...

Sumi esse fds por causa dela, da Clarice, mas até que enfim me livrei dela por completo última segunda... e pq na terça fiz prova de português - tirei 8 (poxa não errei nada, foi só falta de atenção com os detalhes, que m****! Tenho esse problema desde que me lembro e não consigo mudar!)

E tb por preguiça... de escrever, de comentar... vontade de dormir... ressaca de pc

Mas agora voltei... amanhã botarei minha vida virtual mais em dia com todos os meus queridos leitores e amigos...

Hoje meu avô vem aqui prestar uma visita de médico ao 305, cuja máquina de lavar teve uma síncope ontem, justamente quando euzinha estava batendo uma leva de roupas essenciais, que eu tive que enxaguar e torcer, the old fshioned way: manualmente. Gente, o que so eu + um tanque? Que tipo de vida uma pessoa consegue levar sem uma máquina de lavar? Uma vida de trabalho árduo, ou auto-punissão? Como que a mãe do meu namorado consegue, deve ter muita fibra mesmo, tadinha. Eu não existei: quando escutei aquela barulhada e notei os litros de água escorrendo pelo piso da área, tomei a melhor atitude: disquei um interurbano em pleno meio dia para chamar por socorro. Meu Super-Faz-Tudo Avô deve estar estourando por aqui agora...

Essa semana tive muitas ocupações que me deixaram exausta, e influenciaram definitivamente na minha sumida básica, por exemplo: passar tarde de terça feira interia fazendo compras com a família e ganhando vários "presentes" lindos cansa qq beleza...e a minha só vai estar totalmente restaurada mesmo semana que vem, pois os meus dias de cabelo "passado da validade" estão para acabar: marquei escova progressiva (dessa vez sem formol) e tudo será perfeito...

Só falta as aulas acabarem, aí que eu me acustumo de vez com essa futilidade...hehe
* mas só vai acabar semana que vem quando eu terei de me deslocar diretamente do meu balneário para vir p/ Nkt fazer prova da Profª Matildes, vaca mal comia e viúva do Oswald de Andrade, rs...

Oh, uma última informação: URRUUUUUUULLLLLLLLL!!!! A diretora do CCAA me ligou para marcar uma entrevista! Aêêêêê!!! Eu sabia que a mutreta com minha professora não podia me deixar na mão! Sabe o que isso significa? JOB, job, job, job!!!!! Tá, não é um emprego tão garantido assim, mas... Melhor que nada!!!

Té amanhã!

sexta-feira, dezembro 02, 2005

POST COMUNITÁRIO EM EDIÇÃO EXTRAORDINÁRIA

Tema: Qual tipo de Homem ou Mulher que você atrai?Mauricinho ou Patricinha? Comprometido (a)? Ciumento (a) neurótico(a)? Malandrão ou Safada? Aquele (a) que não ta nem aí pra você? Ah, assim como eu, você já encontrou a pessoa certa, mas e o passado? Não teve? Não acredito. Conte dos mais engraçados ou mais bizarros por quem já se deixou envolver.

Ok, vamos lá então. Por mais incrível, inacreditavel e supreendente que possa parecer, o meu relato vai ser super sem graça,com praticamente nada adizer. Qual tipo de homem eu atraio? Ha-ha-ha. Excluindo pedreiro, que qq uma atrai, eu atraio...tipo nenhum...rs...

Como é de conhecimento geral, eu sou uma moça comprometidissíma, e o meu Digníssimo é o meu primeiro namorado. Estamos juntos há 2 anos e 6 meses. Assim, encaixo-me na categoria daqueles que já encontraram a pessoa certa e deveriam assim, falar de seu passado.

Hunf... Que tipo de homem eu atraí na minha vida "pré-namoranda"? Dificíl dizer.

Nos 16 anos em que fui solteira, estreando para o mundo da pegação aos 13, eu posso contar nos dedos das mãos a quantidade de bocas que beijei. Eu nunca gostei de ficar, achava uma atividade fútil e trabalhosa demais para ser tão descompromissada. Dos que fiquei, a maioria eu nem cheguei a conhecer direito, pois fiquei uma vez só, foram ficadas de verão em Cabo Frio, com sua população flutuante de 15 mil pessoas na alta temporada... Eu nunca fiquei mais de uma vez com um garoto qualquer para saber que tipo ele era, mas visto que estavam todos na farra das férias, provavelmente todos se encaixariam no típico "Homem-Galinha" (segundo a Krika: "ele jura que te ama...a sua vizinha tb...a sua prima...a sua mãe e até sua avó se der mole ele traça...mais te ama!" - ou para mim: "ele tá de férias numa cidade entupida e quer bater o recorde de bocas para contar para os amigos quando voltar para casa").

Eu sempre fui meio anta na vida também, passei anos apaixonada pelos diversos tipos de "Homem tá-se" (tá se achando o cara, o fodão, o que pode...mas na verdade é um babaca), e nenhum nunca descobriu, escondi muito bem, e não fiquei com nenhum desses amores.

O que mais dizer? Eu tenho o dobro de amigOs do que de amigAs, sempre achei muito mais fácil fazer - e manter - relacionamentos com eles do que com elas. E depois que você vira amiga deles, pelo menos para os meus, é quase como se você trocasse de sexo. Não vai rolar nunca nada além de amizade, a não ser devido a armações ou a você chegar neles. E como você os conhece bem demais, você acaba achando que é só para amizade mesmo, quem ia querer namorar com eles??? Ou seja, daí concluo que eu atraio "Homem-amigo", a versão heterossexual do "Viado", com direito a chiliquinhos e fofoquinhas. Mas o máximo que eles vão achar de você é que você podia dar um jeito no cabelo, ou que você serve para um primo/colega/parceiro deles.

Segundo a minha querida-amada-e-melhor-amiga, a minha avó, que nunca está errada sobre o que pensa de uma pessoa, vários desses meus "Homens-amigos" ao longo da minha vida foram apaixonados ou "arrastavam asa" para mim, mas eu nem vou citar os nomes, pois nenhum deles nunca se confirmou. Todos esses se encaixariam então, no tipo "Homem mosca de padaria" - ele vive rodando em cima de você mais nunca chega junto. E assim foi...

Uma única e exclusiva vez, aconteceu de alguém se apaixonar por mim. Eu tinha15 anos. o nome dele era Rodrigo. Ele era amigo de uma amiga minha e a gente jogava RPG junto. Era muito legal. Ele era muito legal. Foi uma amizade relâmpago, a mais rápida e legal que eu fiz. Bati o recorde. Em uma semana ele era praticamente o meu melhor amigo "Homem-Amigo", e em duas estava irremediavelmente caidinho pela minha pessoa. E eu? Eu nada. Nada mesmo. Por mais especial que ele fosse como pessoa, por mais tudo-que-uma-mulher-possa-desejar que ele fosse, por mais solteira e na seca que eu estivesse, eu não fiz nada com ele. E ele era mesmo uma pessoa especial, um tipo raro de homem. Seja lá onde ele esteja hoje - posteriormente perdemos o contado, infelizmente - a garota que estiver com ele é uma grande sortuda, pois ele de fato é um "Homem-Anjo": tudo de bom em todos os sentidos, mas, para algumas pessoas - como eu -, pode parecer totalmente assexuado, não te dá vontade de ter nada com ele, só tê-lo para protegê-la. Esse eu realmente atraí pela pessoa que eu sou, não por seu mais uma boca, e é o único que eu me lembro com ternura, que vai ser eterna.

Hum... eu devo ter sorte, pensando assim... os tipo que eu atraí quando não queria ninguém também não queria nada comigo, foi uma "rapidinha" indolor; os tipos que eu me senti atraída, graças ao meu bom Deus não se sentiram atraídos por mim e assim, eu não passei por nenhuma furada amorosa. O tipo que eu atraí e me senti atraída está comigo até hoje...hehe...

Esse último - o meu namoradolindo - era um "Homem-Galinha" da vida que rapidamente se transformou em um grande "Homem-Amigo" meu - já dissem tenho facilidade-, e sendo dessa categoria, somente após uma leve (?hehe?) armação por parte de terceiros, nós ficamos, e ele se tornou um "Homem-Sapo": eu nunca teria dado absolutamente nada por ele, tinha até um certo repudio por ele no âmbito amoroso (achava ele muito feio e sem gracinha para isso!), mas ele virou um príncipe depois do primeiro beijo... e aí... hihihi...aí ele virou aquilo que toda mulher (e todo gay tb) está esperando atrair e conquistar, um tipo único, para o qual não há fórmula, não há descrição, pois cada um o é de seu próprio jeito: o "Homem-da-Minha-Vida".

É isso. Viu, não teve muito a contar. Eu não sou do tipo que chama atenção, daquele tipo atraente-fatal...não sou mesmo. E tá bom assim... Até hoje tenho meus amigos, meu namorado e não tenho ninguém que dê em cima de mim, e vou levando a vida, atraindo para perto de mim pessoas maravilhosas, que eu adoro e que tb me adoram, mas sem malícia...e não tem nada melhor que isso - já que eu não estou procurando mesmo -; atrair amizades.

.......................

>> O Ronaldo, na facul, fez o meu mapa astral e o leu para mim ontem... Não é que os astros estavam de bom humor quando eu nasci? Detalhe: tinha um planetinha lá que praticamente explicava pq eu nunca atraio ninguém, mas como já nem me lembro qual é, não valeu a pena colocar no post... Mas gostei do mapa, fiquei feliz!

>> Hoje vou para Cabo Frio. ÊÊÊÊÊÊ!!!

>> Tô FU#%*@ semana que vem. Tem esse trabalho de Clarice Lispector de cujo grupo de 4 só duas se interessam, e eu tenho uma prova assassina de português da Tia Fabi.

>> Quarta foi a confraternização final da galera do CCAA; Poxa, vai acabar mesmo...mesmo...ATÉ QUE ENFIM!!!!!!!!! Fou muito legal, fomos no 7 Grill e eu comi tanto que - juro - fiqueicom ressaca de comer! Passei malzão de noite, ficou tudo rodando e eu me sentindo meio bêbada, acordei com mó sede, mó cansaço físico, uma dorzinha lá no fundo da cabeça, meio tonta ainda...nossa, que que botaram naquele refrigerante? mas foi maneiro, tirei fotos com o pessoal, ri para caramba, me diverti. Essa galera desse semestre foi super bacana, muta gente nova, muita gente velha, ficamos até bem unidos por tão pouco tempo. énti falta do pesoa lá de CF. A gente era assim também. Saudades... Mas graças a Deus tá acabando essa porra... 7 anos de curso é foda...

>> That's all, folks!

terça-feira, novembro 29, 2005

AAAAAAHHHHHHHHHH!!!!!!!!!!!!!!!
AAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHH!!!!!!!!!!!!

Nota extraordinária: A MINHA AMIGA KIKA ESTÁ NO BLOGS OF NOTE DA SEMANA!!!!!!

Vão lá ver todo mundo!!!!!!

E vamos aplaudir porque ela MANDA MUITO BEM!!!!!!

PARABÉNS KIKA!!!!

(Desculpem a euforia, mas é que eu me sinto meio "madrinha" dela na net, fui eu que ajudei com o primeiro template de blog dela, e agora ela está aí, arrasando!!!!!)

segunda-feira, novembro 28, 2005

Eu tenho tido cada vez mais duas vontades. Ambas, na verdade, são quase a mesma vontade, ou as duas faces de uma vontade que eu não sei expliocar muito bem.

+- assim:

Uma é uma vontade de voltar para casa, de ficar em casa, de morar na minha casa de fato. na minha casa, lá em Cabo Frio, com mamy, dad, Dani (ela é dispensável...rs...zuera d irmã mais velha...rs...), minhas coisas, minha casa, minha família. Engraçado isso. Logo que eu vim para Nkt, isso era o que eu menos gostaria na vida. Voltar para CF no fds (rimou?) era um suplício. Hoje não. Apesar de ainda odiar mortalmente ter que pegar o busão - de baldeação, ainda por cima - para ir, é quase um sentimento masoquista quando o faço. Tipo: "vai doer, mas vai ser bom"... Eu gosto tanto de ir para lá. nem preciso fazer nada, nem sair com os amigos, nem mesmo sair de casa (mas claro que não dispenso isso tb, né!). Posso ficar o dia todo disputando o controle remoto cm a minha mãe ou rodando de cômodo em cômodo na mais perfeita falta do que fazer que fico feliz, fico à vontade, fico "no meu lugar". Lá aprecio as coisas simples da vida em sua melhor forma. Casa, família, só faltou o cachorro para virar comercial de plano de saúde... Vontede de ir para casa, sempre essa vontade agora...

Outra é uma vontade de ter a minha própria casa. Minha casa, só minha. com as minhas coisas, do meu jeito. Por mais precária que ela tenha que ser, em sua estrutura inicial, eu não canso de planejá-la. Pode ser um apartamento-cubículo, nem precisa ser nesse bairro de madame que é Icaraí... se fosse M-E-U ia ser ótimo. Poder fazer tudo do jeito que eu quero sem nunca nunca nunca me aborrecer ou ficar levemente estressada pq alguém não fez a sua parte ou está fazendo o que eu queria estar fazebnndo agora, sem dar satisfação para ninguém, curtindo a solidão. (Pensamento estranho: Eu adoro pessoas. Mas preciso de um lugar para ficar sozinha. Paradoxo...). Já até cogitei as mais diversas possibilidades, como por ex. morar com a Dani quando ela vier para Nkt tb, só eu e ela, se for possível. E nunca esperei tanto que fosse, de repente ela se tornou indispensável...hehe... mas esse seria o primeiro passo para ter depois, minha casinha... Agora sempre esse anseio egoísta, também...sempre....

Tá, estão mais para duas vontades diferentes mesmo. Não as entendo muito bem, apenas convivo com elas, diariamente acompanhando o cresmimento das mesmas, como duas irmãs gêmeas ou qq metáfora que se encaixe. E ainda que pensem: "Finalmente ela saturou do 305", também não é isso. Eu moraria - e morarei, obviously - nele por mais uns anos na boa. Já acustumei com as podridões, os ladrilhos coloridos, a vizinhança, o eterno desconforto. Já me apaixonei pela companhia. Não é nada com isso aqui, especificamente. Ou talvez até seja e eu não sei. Bom, eu não sei, ora...

Só sei que essas duas são as fantasias que ocupam a minhacabeça ultimamente... me distario, brinco com elas. mas as vezes...dói...

... ... ...

FDS foi ótimo. ÓTIMO. E eu digo porquê: Por Ele - que por mais que dê "aquele trabalho" como vcs observaram nos posts abaixo, é maravilhoso -, por sexta, pelas partidas de buraco que eu ganhei, por Riverdance no NYC Hall - foda -, por muitos momentos felizes.

Fim. Bjins

sábado, novembro 26, 2005

Noticias do Front:

>>> Na última batalha, entre mortos, namoradas muito magoadas e feridos, salvaram-se todos. O inimigo baixou a guada e o ataque de tudo aquilo que estava preso na garganta foi bem sucedido. O mesmo foi capturado, capitulou a derrota pacificamente e confraternizou a noite toda com as forças aliadas.

>>> Mudança total de opinião. Eu ainda adoro Teoria da Literatura, mas Luis Felipe Ribeiro é um es-cro-to. Velho babaca.

>>> Eu simplesmente preciso saber onde eu encontro bottuns em branco para vender!!!!! Quem souber me avisa?!?!?!?!

>>> Já sei o que vou pedir de Natal. Harry Potter - amoo0000OOOO -, o último livro, agora que já saiu em português. Thank God. O filme do 4 eu devo ir ver amanhã. Dos filmes dele eu não gosto não, são as piores adaptações que eu já vi.

>>> Chuva de novo????????????????

quinta-feira, novembro 24, 2005

Há extamente dois anos e uma dia atrás, ele me disse que se um dia fizesse uma besteira, uma coisa que me machucasse, ele viria atrás de mim para resolver. E a extamente dois anos ele fez uma besteira que me machucou bastante. Tanto que em 24/11/03, eu tinha exatamente 1 mês e 3 dias de namoro e matei o CCAA para ir na casa dele terminar tudo. Ééééé... a minha memória é ruim, eu me esqueço das coisas tão facilmente...é por isso e é graças a isso que eu tenho essa enorme capacidade de perdoar e apagar as coisas... Só que disso eu nunca esqueci. Pois se há 2 anos e 1 dia atrás ele não tivesse dito aquilo para no dia seguinte ter que provar - o que de fato não aconteceu propriamente, fui eu que fui lá resolver tudo -, as coisas teriam sido diferentes e hoje não seria um dia especial para nós.

E o mundo dá voltas. Depois de todo esse tempo voltamos na mesma situação, e até no mesmo dia do ano, que coisa... Mais uma vez aconteceu uma "besteira" (não tão besteria assim...) que me magoou. Muito. Só que dessa vez, assim como naquela, ele esquecerá o que disse, e eu que terei que ir lá e esclarecer tudo.

Terei mesmo? Esse papel me cansa... E essa dor tão lá no fundo, a mesmissíma dor que aconteceu naquele dia remoto, só que ao quadrado, pesa tanto... E eu realmente achei que ia demorar um pouco mais para sentir essa raiva e essa vontade de gritar "Vai à merda" - coisa que eu nunca realmente fiz - denovo...

Eu não sei. Só sei que o post comunitário da Micha amanhã é sobre traição, e apesar de tudo que está escrito sobre o tema e a proposta dela sobre ele não ter mudado, eu não irei pô-lo no ar. Eu não me sinto mais como estava me sentindo quando o digitei, e todo o trabalho que eu tive ao fazê-lo será colocado no lixo. Essa é a única certeza. Eu tenho certeza também da vontade enorme que eu estou de ir para casa, para minha avó, e de ligar para minha amiga-mãe-Julie e despejar tudo em seu ouvido, pq ela é minha melhor amiga e eu estou morrendo de saudades dela e pq ela ia rir e saber extamente o que falar. Eu não sei. De nada. Eu tenho certeza de estar sentindo isso nesse exato momento, mas não sei se é isso que farei. E outra coisa que eu tenho certeza é que tem umas feridas e uns medos que ficam para sempre na gente, como aquela que ficou, há 2 anos atrás...

terça-feira, novembro 22, 2005

Festa no apê????

Eu simplesmente tenho que falar isso aqui. É UM FATO MUITO BIZARRO!

Aqui no 305 - meu humilde e cafona lar - , a janela da sala (fundos) não dá para vista nenhuma. Agora, isso não que dizer que não tenha visão nenhuma. Porque tem. Ainda sem uma estatística de freqüencia definida, à noite podemos observar um acontecimento um tanto quanto curioso. Um dos prédios que avistamos de ponto é um que fica na esquina da R. Pres. Backer com a R. Tavares de Macedo (estou colocando a localização exata pq eu quero que alguém de Niterói que também possa contemplá-lo também observe o fato curioso).

Pois bem. Então, nesse prédio da Pres. Backer X Tavares de Macedo, lá num dos últimos andares tem um apartamento que pisca. Sim, ele pisca. Como se fosse uma boate. Eu e as outras moradoras dessa república-zona temos aconpanhado essa "atividade suspeita" há uns bons 3 meses. Primeiramente pensamos: "Ih, alguém tá dando uma festona lá, olha só!", mas no dia seguinte, quando o fato se repitiu, começamos a estranhar. Um apartamento que pisca luzes coloridas (verde, vermelho, azul, roxo - uma diferente em cada janela) quase todas as noites no meio de Icaraí é no minímo "singular". Já cogitamos de tudo: "Parece até uns pisca-pisca de árvore de Natal..." Em Setembro? I don't think so... "Vai ver que é só alguém que gosta de festa..." Todo dia ?!?!?!?!? "Ora, deve ser um puteiro!" Mas num prédio residencial?!?!?!?

Bom, de fato, é inexplicável. Eu juro que já até filmei para mostrar para os meus pais em Cabo Frio a bizarrice. Já pensei em ir lá na portaria perguntar. Não, curiosidade tem limites! Mas isso me intriga muito e é por isso que eu estou colocando aqui. Quem sabe alguém vê, descobre e me conta. Não precisa estar no 305 para divisar tal coisa. Da rua dá pra ver, eu já reparei um dia, voltando da facul; é só olhar para cima, pq é bem no alto. As atividades começam logo que escurecem e as vezes acabam logo, outras entram madrugada a dentro. Muito estranho. Aqui em casa, ficar vigiando a freqüencia tornou-se um hábito, uma distração. Não é todo dia que pisca. De vez em quando fica só uma luzinha verde acesa em uma janela do canto, outras, totalmente apagado. Muito estranho mesmo.

Bom, é isso. Não tinha nada para falar, mas já queria ter contado isso há muito tempo, porque é uma coisa absolutamente sem explicação. E também porque eu queria que a Kika estivesse aqui para ver! A gente ia rir muito...

Aiai...ok, é isso. Se algum nitoroiense compartilhar comigo essa dúvida, ou tiver alguma informaçao sobre o fato, please....me contaaaaaaaaaaaa! BJos!

Esse 305 é phoda. Cozinha amarela, anheiro rosa e preto, vizinhos barraqueiros à direita, vizinha louca-mal-comida em baixo, porteiros sen noção, coisas desaparecendo, 4 moradoras e 8 escova de dentes (4 de dono desconhecidos!) e vista para um apartamento que pisca. Tsc tsc tsc ...

sexta-feira, novembro 18, 2005

Rapidinhas...

(Eu já vi esse título em outro lugar muitas vezes, não é Kika?)

>>> E aí, o que acharam do meu novo template-lindo? Eu ainda estou babando e mostrando para todo mundo...rs...blogueira corujíssima...
Só tenho a agradecer a Ni, uma ótima pessoa que conheci recentemente (e fico muito feliz por isso ter acontecido!), e que foi responsável por essa obra de arte. Ni, vc merece uma salva de palmas. Meu aplauso - de pé - para vc!

>>> Então, para iniciar essa nova fase do ex-Jululu (old title forever in my heart), nada melhor do que escrever o primeiro post dessa cidade maravilhosa que é Cabo Frio (in my place, in my place...)!! Sim, mais um fds na minha casinha tão linda e ainda (damn it!) sendo pintada, no conforto do lar... E... tchan tchan tchan tchan... COM SOL!!!! AÊAÊAÊAÊAÊAÊ!!!

Aproveitei para ir na praia, que estava perfeita como nunca. Mas foi diferente, pq fui com a minha irmã. Eu nunca, em meus 19 anos, tinha ido na praia sozinha com a Dani. Msm morando em CF à 8 anos nunca tinha acontecido. O que será que isso significa? Decadência nas antigas companhias ou que ela finalmente se tornou um ser tratável? Well, don't really need this answer...

O fds promete ser mais legal ainda, se eu não descaacar depois do abuso solar de hj, então...

>>> Elton Jhon. O que dizer mais? Elton Jhon. Eu começei a escutar por que meu pai comprou uma coletânea dele ("Love Songs"). E fiquei encantada. Foi na época que eu começei a aprender inglês mesmo e ele tem uma diccçao maravilhosa, foi um grande estímulo para mim. O que eu mais amo dele é:

  1. "Candle in the wind" (perfect)
  2. "Daniel" (fico toda arrepiada, até emocionada qnd escuto!)
  3. "Blue eyes" (droga, pq q os meus olhos são negros...ngn faz música pra olho preto...)
  4. "Your song" ( A melhor versão dessa música, ever!)
  5. "Can you feel the love tonight" (lindinhaaaaa, é de "O Rei Leão")
  6. "Circle of Life" (Rs, "O Rei Leão" tb... mt clássica...)
  7. "Blessed" (A única música no mundo que me dá vontade d ter filhos)

>>> Ioio Mix. Tô vi-ci-a-da. Coisa de criança gordinha complexada que não teve muito acesso a isso na infância.

>>> News da faculdade bagunça: A única matéria que eu tive nesses dois anos de Letras e que de fato fez diferença está para acabar: Teoria da Literatura. Muitos de vcs não sabem o que é isso. Mas nem eu. E nem o professor, como o próprio diz. Teo. Lit. só serve para nos fazer melhores leitors, a abrir mais a cabeça. E olha, sabe que funciona? Luiz Felipe Ribeiro é um professor que e nunca vou esquecer. Tudo bem que ele é grosso, rígido, exigente, repetitivo, um tanto quanto caozeiro e as vezes antipático, mas, tenho que admitir. Ele é um homem admirável, por suas experiências de vida, por suas idéias, seu caráter. É alguém que tem muito a ensinar, muito mais do que a miséria que eu aprendi, e que msm assim ainda foi de grande valia. Os dois semestres de Teo. Lit, escutando as mesmas piadas, fazendo os malditos fichamentos semanais, os seminários obrigatórios, lendo textos teóricos as vezes muito chatos, morrendo no trabalho final foram, numa conclusão final, proveitosos. Algumas coisas eu nunca vou esquecer. Msm. Grande professor. Essa Letras é bagunça, é uma joça, é sem noção, é mal planejada e muitas vezes com cursos mal dados. Mas eu não vai sair da faculdade que nem entrei, como sempre pensei. Pq eu tive Teoria da Literatura com esse cara, e como ele mesmo diz, mudei de opinião, aprendi.

>>> Mas o trabalho final de Teo Lit acabou e acho que ficou bom. E agora, Clarice... (Linspector, ela msm. Vaca!!!!) É para Matildes - viúva do Oswald de Andrade, hehe - a vovózinha de Lit. Brasileira, agpra só falta esse trabalho.

>>> BJOOOOOO

Prontinho Ju!
Percebe-se q os últimos posts ficaram desconfigurados.
Ao trocar o lay, percebi q a configuração pra linguagem estava errada.
Fiz as modificações e nesse post q eu fiz já saiu tudo certinho.
Os outros só se fizer alteração um a um, infelizmente, pois foram digitados no modo anterior.
Mas tá tudo certinho.Depois apaga esse post aqui ok!?
Bjks
Nirvana

terça-feira, novembro 15, 2005

Feriado Morno

Hum...

O título já não diz td não?

Vou dizer um pouco mais:

>> A obra do alargamento na Br 101 é uma merda e eu odeio ela.

>> Porque o tempo não se decide? Essa Mãe Natureza deve estar de Tpm...

>> Feriado em casa é assim: Tv e pc.

(Eu adoro tv por assinatura. Amo incondicionalmente. People & Arts é O Canal. Changing Rooms é o melhor programa da tv. Viciados em decoração, desining de interiores, me dêem as mãos. Amo muito tudo isso. Se um dia eu topasse com o Grahan Wynne na rua eu agarrava ele e não largava até ele decorar toda a minha casa. A Anna Richardson tb manda muito. Mas o destaque vai para um que eu não conhecia e me encantou: Gordon Whistance. Arrasou.







(Esse vai ser o Meu quarto, num futuro distante. By Anna R.)

MTV é o pior canal, o mais hipócrita que tem. Eu assito tb. Mas como assim o Bono Vox ("O" Bono Vox) fica em 3º lugar no Top-top dos caras mais bonzinhos da música? O cara é simplesmente bom demais. Em tudo. (Ok, ok, ele só não é gato. Tô nem aí para isso) Ele merecia ter ganho, fiquei torcendo. ) (fim do momento tv addicted)

>> Vc sabe que tem amigos de verdade qnd vc não tem porra nenhuma para fazer e eles vem na sua casa te buscar para irem para fazer nada na casa de alguém e, no meio do caminho, param para admirar a vida dos urubus e filosofar sobre a exclusão do animal, sobre a beleza deles, e quase sobre o caráter deles. Nível muito elevado de conversa. Depois vão para o mesmo lugar de sempre e riem como nunca com as mesmas piadas, e então voltam para casa e ficam satisfeitos. (Sim, essa foi a única vez que eu pus os pés fora de casa nesses 4 dias, com exceção da janta de sabádo com a família)

>> Eu jogo totó muito mal. Lembrar: Não importa se está faltando gente para completar uma dupla. É melhor ficar só assistindo.

>> Até que a minha casa não está com tanta cara de hospital assim pintada de verde.

>> Eu agora sou PhD em Word. Pode pedir que eu sei tu-do. Esquece o resto dos programas tb...rs... Mas tô craque. Meu pai quer desperdiçar todo o eu conhecimento magnânimo me pedinho para eu fazer os bilhetinhos para o sortei do 1º amigo oculto de Natal ue a minha família vai fazer. Tsc tsc tsc ....

>> Agora ou vai ou racha. Quase rachou, mas foi salvo. Eu só posso estar com a passagem pro céu garantida depois dessa. Esse meu Digníssimo não é mole...

>> Tava tão bom aqui. Não acredito que agora vou ter que voltar para o meu bom e velho Oliver.

... ... ...

Fiquei muito feliz com todos os comentários. Obrigado a todos!

Bjos!

quinta-feira, novembro 10, 2005

ORIGINALE DO BRASIL by JU

TEMA: Aborto e pena de morte: qual sua posição?

Well, well, let me see... o que que eu penso do aborto e da pena de morte? Hum...

Talvez o mais importante nisso seja que de fato, eu penso. Tem gente que tá nem aí, não tem nenhuma opinião. Eu tenho. E, particularmente, são dois temas cuja discussão muito me agrada. Já escutei muito "Não adinata discutir, não é legal aqui mesmo...", mas esse não é um argumento válido. Não existem, esses dois temas? Pois bem! Então, vamos aos achismos, todo mundo deveria dizer o que acha disso. Tvz mudasse alguma coisa - eu acho...rs...

Primeiramente, ABORTO.

Deveria ser absolutamente legal. Eu, como toda mulher normal - e nessa parte aqueles que vizualizarem minha carinha de boneca podem fazer cara de espantados - me preocupo todos os dias de minha vida em não ficar grávida por acidente. Tá ok, "todo dia"...talvez eu seja um pouco paranóica. Mas é sério. O que é um filho? Uma coisa que vc carrega na cabeça por muitos anos planejando, por 9 meses na barriga esperando e para o resto da vida nas costas, padecendo (no Paraíso? Será?). É uma responsabilidade sem precedentes. você não ode simplesmente um dia falar "Tá, agora cansei, vou dar pra Fulano". Ter um filho é uma decisão que pelo menos deveria ser fita da forma mais madura e consciente possível. Nossa, imagina se eu fico grávida por acidente? O que eu faria? Vc diz, depois de dar um tiro na cabeça? ABORTO. Eu faria aborto sim. Por que eu botaria no mundo uma pessoa inocente que eu não teria a menor condição - fisíca, emicional, psicológica, financeira - de criar? Para ela sofrer com a falta de responsabilidade que eu não tive? Para eu sofrer com isso também? Só porque aprontei não quer dizer que eu mereça um "castigo" pro resto dos meus dias. Calma, não precisam ficar nervosos e pensar "Que garota egoísta!" que eu vou me explicar. Eu sei, se isso acontecesse, provavelmente, após a pior parte - descobrir, aceitar, comunicar a quem é necessário, se preparar - ia acontecer aquela coisa mágica - porque, acreditem, deve ser mágica mesmo - de me apaixonar pela situação e pelo "resultado". Of Couse, muitos bebês são adoráveis. Eu O-D-E-I-O crianças, mas tenho certeza que seria impossível restiri a uma que fosse assim...minha mesmo... No mais, pensemos nos outros. E quem já tem 132864597513266 filhos, e simplesmente não pode arcar com mais 1? É fácil pensar "Na hora foi gostoso, agora aguenta" ou "Ngn mandou abiri as pernas", mas todo mundo sabe que não é bem assim. O problema nesse país é que a sexualidade de muitas mulheres está irremediavelmente ligada a sua maternidade, elas não têmm condicões e conhecimento para evitar isso. E aí, toma mais uma criança passando fome, abandonada na rua, esmolando, assaltando e gerando outras crianças que farão a mesma coisa pelo mesmo motivo. É uma cadeia sim fim. Fora isso, imagino eu, não deve ser nada fácil dar um filho para adoção, depois de tê-lo. Ou ter que larga-lo ao vento. É uma situaçao traumática, vai contra nossos instintos mais primitivos de proteção da cria. Que isso gente. Não seria melhor que, quando o incidente aconteceu, tivesse sido logo resolvido? Sem causar danos a um inocente, e prejuízo à sociedade? Tem mais: não é isso que acontece diariamente?? Mulheres pobres, madamess, não se entregam a acogueiros por aí para "contornarem" um acidente de percurso? Tô mentindo ou não? Existe. todo mundo conhece alguém que fez. Na família, fora dela. Se fosse legalizado, pelo menos não seria essa bagunça perigosa que é hoje. Menos mulheres morreriam ou sofreriam danos irreparáveis se fosse legalizado. E, o mais inacreditável: pesquisas indicam que o trauma do aborto reduz e muito as chances dessa "indivídua" fazer de novo, ou continuar a não se precaver. Nos países que legalizaram, a tendência foi dimiuírem o aborto mesmo e o número de gravidezes (é assim mesmo?) indesejadas.
Eu faria aborto sim. Se fosse legal. Ilegalmente... bom...aí é outro papo. Não sei se estaria realmente disposta a botar meu corpo nas mãos de um Jack O Estripador qq... Ia ter que ser uma decisão ainda mais pensada ainda.
Mas não muda o fato de que EU SOU TOTALMENTE A FAVOR. AH... é uma vida? É. É uma vida que você opta em não permitir que continue quando você aborta. Sem melações religiosas. Deus é tão sábio que já nos deu a dica do que fazer. Já prestaram atenção na natureza? Que que as fêmeas fazem quando têm filhotes em épocas de escassez? Bom...you know...survival instinct...

A agora, PENA DE MORTE.

Essa, bom, tem que pensar mais... Um cara que assalta um banco certamente não a merece. O que mata alguém merece? Depende... Só para os crimes hediondos? Talvez... O fato é que, assim como o aborto, é uma vida que vai se perder. Uma vida que já têm plena consciencia do que é vida. E que fez alguma coisa horrível contra ela. Só que é muito perigoso escolher quem deve morrer ou não. Um assassino cruel, um matador de aluguel, um serial killer, um estuprador, um traficante maldito ou um político corrupto... Quem fez o pior? Got the point? Não, para mim, a pena de morte não é a solução. Um sistema penal/judiciário/policial decente e eficiente sim. Se houvesse o devido cumprimento das apenaçoes jpa existem para os crimes nesse país, nunca seria necessária a pena de morte. todos pagariam apropaiadamente pelo que fizeream. À morte já estamos todos condenados. Não é uma pena. É a única coisa certa nessa vida, não é mesmo? Como diria o clássico Peter Pan (Ou, não vai me chamar de apelona não, hein!): "Morrer seria a mior de todas as aventuras". Mais ou menos por aí. Morrer todo mundo vai um dia, e matar alguém não ensina a ninguém, não pune ninguém direito. Afinal, a pessoa não vai ter mais como demostrar que realmente aprendeu, se arrependeu, ou servir de exemplo para incentivar outros a não cometerem crimes que levem a tal sentença. E por isso eu sou contra a pena de morte. Não deveria existir, não. (Mas existe né? Assim como o aborto. Alguém com poder - seja monetário, seja político - pode sempre decretar essa pena para alguém...fazer o quê? Coisas do meu Brasil, do meu mundo, da minha raça humana...)

E tenho dito!

>>> Tô achando que esse feriao vai ser fraquin... E vcs?
>>>Como assim não tem Antispyware pro Windows 98 do Oliver? Que coisa?!?!?!?!
>>>Vou ficar mó tempão sem curtit meu gatinho direito... e tudo por cauda extamente do Direito...

BJOS!

sábado, novembro 05, 2005

Oposto, mas ainda não ideal

Fds passado eu reclamei pacas, assumo que devo ter enchido o saco pq foi muito chato.
E foi msm. Mais parado do que filme cult europeu.

Esse, pra compensar, vai sermelhorzinho. E eu nem preciso esperar o final dele para dizer o porque, pois na verdade que eu tenho de mais..bom...não sei dizer direito se foi hilário, horrível, tragicômico ou ridídulo... vamos entao ao "interessante"... o que eu tenho de mais interessante para contar se deu ontem.

E vc não fazem idéia. Prestenção:

Ontem de manhã pensei: "Bom, último capitulo de novela, namorado noveleiro não perdoa, esse vai ser o programa de hj, fazer o que...". Qual não foi a minha surpresa com o curto e grosso "Vem arrumada aqui para casa q depois da novela a gente vai sair". nem questionei, era isso que eu tava afim mesmo...ah...se eu soubesse...

Se eu soubesse que a novela só ia acabar quase 11h, que a gente ia sair pra ficar 30 mim esperando um bus t doido pra ir prum cantão muito suspeito dessa cidade, lá perto da Universo, pra chegar no boteco mais fuleiro que eu já vi na minha vida encontrar com o mesmo pessoal de sempre (Nilo - amigo super que fez niver essa semana e eu nem sabia, mó vacilo -, Leo, Luciano, e outros amigos do Digníssimo que amam encher a cara)... Se eu soubesse...tvz ainda sim teria ido!!!! hehe... Mas se eu soubesse do depois... do muuuuito dpois as cervejas (que eu e o namo não bebemos), da sinuca, das combinações e planos típicos de mesa de bar, do muuuuito depois de eu querer ir embora morrendo de sono e de preocupação com os estudos do meu amado que ficariam prejudicados, depois e saber que não ia ter busão e ia ter que voltar a pé com aquela p¢*#£ daquela sandália....Tvz tivesse dispensado... Claro, valeu pela experiência. Mas foi doidera total.

foi nessa hora, nesses dpoooois, no meio do caminho de volta, que a Doida Vulgar Chata Absolutamente Bêbada (nome não veridico, rs*) resolver puxar o grupo de meninos mais pra lá e pra cá pra ir num...puteiro!!!!!!

KRAK! Nem acreditei. No comments, entramos, subimos, e no primeiro não entrava mulher, então a Doida puxou o bonde pra outro onde podia (incrível como meninos bêbados ficam suscetíveis. Tomar nota: Nunca mais fikr dependendo d meninos bêbados para voltar para casa.). No segundo, subimos e por mais "interessante" que fosse a "novidade", duas pessoas não tinham muito o que fazer ali: A que vos fala e seu fidelíssimo companheiro.
Visto isso, partimos. Não sem antes ver a doida tentar puxar confusão chamando uma das trabalhadoras do local de baranga e de ver todo mundo descendo de lá pq - o que eu já sabia - ngn tinha dinheiro para entrar. O que aconteceu depois eu não sei. O casal decente pegou uma van e voltou para casa...hehe...

Putz... Vo levar uma semana lembrando e rindo da situação...Podem rir tb... Não sei muito bem se me arrependi ou não de ter saído ontem...Well, tudo é válido...rs....

>>> (Lá, que pediu novidades, gostou? kkkkkk)

>>> Li ÉDIPO REI - e gostei - pro trabalho de Teo. Lit. sobre o qual não tenho a menor idéria do que fazer. mais pelo menos li, hein. que progresso.

>>> Semana que vem só vou me preocupar com esse trabalho msm, pq aula não vai ter na facul. É a Semana Acadêmica.

>>> Ah, vou ter um template novo! Graças à Ni! Mas aê, difícil achar uma ilustração que pareça cmg. Não é mole ser assim...Do cabelo ex-ruim-mas-ainda-cacheado-agora-com-personalidade e com excesso de gostosura!

>>> O resto do fds não importa, o que importa é que eu vou estar com o meu amoooooooorrrr, conto depois! bjos!

domingo, outubro 30, 2005

Chuva, filmes e vontade de ter algo para fazer

Jealous Guy - John Lennon

I was dreaming of the past
and my heart was beating fast
I began to lose control
I began to lose contro

lI didnt mean to hurt you
I'm sorry that I made you cry
I didnt want to hurt you
I'm just a jealous guy.

I was feeling insecure
You might not love me anymore
I was shivering inside
I was shivering inside

I didnt mean to hurt you
I'm sorry that I made you cry
I didnt want to hurt you
I'm just a jealous guy

(whistle)

I was trying to catch your eye
Thought the you was trying to hide
I was swallowing my pain
I was swallowing my pain

I didnt mean to hurt you
I'm sorry that I made you cry
I didnt want to hurt you
I'm just a jealous guy
watchout im justa jealous guy
lookout babe im justa jealous guy

>>> Porque ele é assim... Mas é absolutamente irresístivel amá-lo!! O Media Player - agora sempre no "aleatório"- tocou essa música ontem, após um pequeno "incidente de percurso"... E já que já era o "após", achei graça e resolvi colocar aqui hj...

>>> Ontem tentei ir no Cine e não consegui. Hj já desisti e planejei uma programação especial "sente no sofá e chore de novo com tudo aquilo que vc já viu", incluindo: "A Noviça rebelde", "Um lugar chamado Nothing Hill", "Hook" (eu choro sim, tá!) e mais uma porrada d filmes...
Tudo isso pq eu estou me sentindo abandonada pelos meus amigos e amigas. E antes de entrar em depressão piorada pela tpm, vo chorar todas!

>>> Só pra reforçar: Esse fds foi realmente uma bosta!!!

sábado, outubro 29, 2005

Raindrops keep falling on my head

Eu acho lindo quando chove que nem choveu ontem...

(e isso foi muito)

...a natureza é avassaladora mesmo...

Mas mais lindo ainda tá agora... entre nuvens tão carregadas o Sol está saindo.

Luz vibrante do meio do metal nublabo...

~~~~

Canção do Dia de Sempre

Tão bom viver dia a dia...
A vida assim jamais cansa...
Viver tão só de momentos
Como essas nuvens do céu...
E só ganhar, toda a vida,
Inexperiência...esperança...
E a rosa louca dos ventos
presa à copa do chapéu.
Nunca dês um nome a um rio:
sempre é outro rio a passar.
Nada jamais continua,
tudo vai recomeçar!
E sem nenhuma lembrança
Das outras vezes perdidas,
Atiro a rosa do sonho
Nas tuas mãos distraídas...

(Mário Quintana)

~~~~

>>> Nightwish it's over???????? HOW COME????


>>> Estão pintando a minha casa... I mean, vão começar hj, daqui a pouco. Minha casa é todo decorada com madeiras, toras, não sei exatamente como chamar esse estilo - ou se isso é propriamente um estilo - mas ela é linda! E a minha mãe resolveu que vai pintar todas as madeiras de branco, e as paredes de verde-claro. Além de brega, aí que vai parecer um hospício... Com esses muros gigantes e essa cor de hospital... Eu mantenho a tradição; Minhas paredes azuis berrantes do quarto ngn tira!Só por cima do meu cadáver!

sexta-feira, outubro 28, 2005

ORIGINALE DO BRASIL by JU

VOCÊ J� VIVEU UMA PAIXÃO LOUCA?

J�. Primeiro a resposta, antes de mais nada.
E quem já não viveu?

Mas eu, meus senhores, tenho o privilégio de ainda a estar vivendo, dia a dia.
Não, não é uma paixão Platônica. A minha paixão louca está no plano da existência, e não no da perfeição, como cria o Filósofo. (Aliás, vcs já leram o cara? Até que ele tem umas idéias legais, depois que você decifra todo aquele excesso de retórica dispensável...hehe...shut up, Juliana! Stop being so childish!)

A minha paixão está comigo, vivendo esse sentimento louco na mesma intensidade, diariamente.
Sim, ela é o meu digníssimo namorado.
Eu o amo, sabem. Mas só amor, sem o fogo da paixão, morre logo, perde a graça. Paixão é a indipenável lenha na fogueira. E agora eu vou dizer tudo mais que a Micha pediu.

Eu o conheci da maneira mais inusitada, a o quê mesmos? Ah, 3 anos atrás. O conheci assim, aquela apresentação de um amigo de um amigo seu que você nunca tinha visto, apesar de todos os três estudarem no mesmo colégio. O apresentador - Vinicius, o "Albieri" - estudava na mesma turma que eu no segundo ano do Ensino Médio. Minha futura e inimaginável paixão simplesmente estava na turma ao lado, e eu realmente nunca havia reparado na sua existência. Tudo bem, nem ele na minha! Conheci-o e passou. Foi só mais um pra ficar conhecendo e dizer "oi" de vez enquando. Hunf...se tivesse sido assim....
Mudou o ano. Terceiro - e último, graças ao Senhor - ano no colégio. Não é que o indivíduo agora estava na minha turma? As turmas foram misturadas e um monte de gente foi transferida... Ele - Thiago Bono, vulgo Bono - junto com mais um monte de gente que eu já conhecia e gostava, estava na minha turma. Galera do fundão todo mundo sabe como é né? Papo antes da aula, no correr da aula e no fim da aula, e tudo de novo no dia seguinte, e nunca acaba. Rolou, como devia, uma amizade. Não vamos negar, além da identificação de personalidade, muito contribuiu nessa amizade o fato de eu ter me prontificado para ajudá-lo com A Outra. A Outra era uma menina que ele gostava há anos e que eu até achei que ia acabar ficando mesmo com ele no final, mas depois descobri que as coisas não eram bem assim, nem bem assado e, poupando os detalhes sórdidos (morram de curiosidade, pois esta é a melhor parte!), resolvi que não ia mais ajudar ninguém em nada. Fiquei só amiga mesmo, chega do "cupido thing". Mas tadinho, ele ficou tão carentezinho que a gente sempre saía junto pra ver se o animava um pouco. Um dia, nossos amigos incovenientes - tb graças a Deus - apostaram que a gente não tinha coragem de dar um selinho. E então, por um mísero R$ 1, tudo começou. Um selinho tímido nesse dia, beijos nervosos no dia seguinte e beijos normais, carinhosos, quentes, loucos, por toda semana, e por um mês e mais outro e outros depois...e foi...em algum ponto do jogo, era paixão. Paixão louca no melhor estilo "Malhação" de ser, com direito a amiga aprontando contra, fim e recomeço, barras pesadíssimas de enfrentar e um "Eu te amo" lin-do-que-eu-nunca-vou-esquecer, no que deveria ter sido tvz o último capítulo, mas foi só o começo.
E aí passaram 2 anos. É, fez dois anos desse "Eu te amo" no último dia 21. E em nenhum desses 730 dias faltou a tal da lenha na fogueira. Paixão, paixão, loucura, o tempero de uma amor lindo que eu sei que vai durar pra sempre.
Essa é a minha história. Antes dela só vivi aquela hipótese do Platão. Sim, foram várias, mas nenhuma é assim como essa que eu acabo de vos contar. Paixão louca de verdade, que ficou gravada a fogo no meu coração é pelo Bono...pelo Thiago, Ty, meu gatinho...que eu sei que vai ler isso daqui e ficar todo cheio, mas mesmo assim se negará a comentar! Mas fazer o quê? Nada, nem mesmo isso de implicar com minha vidinha virtual diminui essa fogueira louca que cada vez mais nos esquenta por dentro.

(E agora, vai dizer que eu não posso publicar sua vida aqui, vai? Quem manda fazer parte - a melhor parte - da minha? TE AMO!)

****

>>> O NÃO venceu, que bom!

>>> Pu$#¨*¨$&¢£!!ªX@§ de greve que não acaba!

>>> Bjos!

domingo, outubro 23, 2005

Purposeless

Bom, eu achei que fosse sempre ter tempo de escrever aqui, de novo.
Sweet illusion...

Hoje tô com uma tontura esquisita, não sei se é fome, não sei se é sono...
Não sei se é cabeça pesada por justificar e me eximar da escolha entre sim ou não....

Ah...sei lá.

Tô chateada pq nã fez Sol e eu não irei a praia, pq o meu gatinho só vai vir me ver 6h d tarde...

E tô escrevendo aqui sem a menor vontade.

Câmbio final.

quinta-feira, outubro 06, 2005

Saldo do aniversário

E então, no dia 4, eu fiz 19 anos...

Mas aniversário, como descobri graças a esse ultimo, são datas muito relativas.
O meu foi comemorado no sábado anterior, num rodizio de pizza em CF com direito a todos os meus amigos-lindos-hilários-que-eu-mais-prezo-no-mundo; no domingo subsequente, com família, bolo de padaria, e namorado pagando mico por não conseguir abrir a garrafa de champanhe; no próprio dia, com almoço com os pais e todas as variedades de comidas do restaurante a quilo e com tarde, bolo e e filme na casa do namorado.
Foi comemorado na chegada no 305, com abraços e presentes e, toda hora um pouquinho, com ligações, "scraps" e abraços que estou recebendo até hoje. Queria fazer aniversário todo mês.
Eu sei que eu sou uma pessoa querida por bastantes outras pessoas, mas, se saber já é legal, imagina receber um moooonte de demostrações... Presentes pro resto do ano, pra mim!!!

Ah, não pósso deixar de dizer que tb foi o niver da minha prima Lolo, no mesmo dia. É de fato um dia especial.

... ... ... ...

No mais está tudo o mesmo.

... ... ... ...

Hoje no ônibus back home veio um senhor cantando uam musica de igreja atrás de mim o caminho todo. Bonita demostração de fé, fiquei tocada.

... ... ... ...

Bye!

quinta-feira, setembro 29, 2005

Pensamentos semanais.

Simples assim

A verdade é que a gente não sabe de onde vem, para onde vai e nunca vai saber. E como disse Goethe, "o verdadeiro é simples."
Escrever, filosofar não vai levar lugar nenhum tb.
Pq eu estou dizendo isso? Simples: Não sei
Mas aho que é porque o meu aniversário está chegando e eu tenho pensado muito na vida.
Em crescer, amadurecer. essas coisas que eu não consegui fazer ainda, rs...
Tenho tido inúmeros pensamentos de simplicidade. Simplificar, retornar às origens, principalmente com a intenção de me descobrir, chegar ao meu cerne, a minha originalidade própria e única. Ou vai ver é só excesso de estudo do Modernismo...

***

Eu quero ver Nell pela 9562348715526483227ª vez!
Esse filme é lindo! a Jodie Foster ar-ra-sa!
As outras 9562348715526483226 vezes q eu já vi foram na tv, mas nunca mais passou!

***
Digressão ilógica (ou Regressão ilógica?)

Cara de quê?
O Ty acha que é de boneca
A Kika acha que é de gueixa, e de boneca também.
A Julie - minha mamy - acha que é de menininha.
A minha mãe de verdade nem acha nada.
A Lou acha que de descendente oriental ou indiana. (Huh?)
O Ronaldo, da minha facul, acha que é de Inca, Maia ou Asteca, ele não sabe precisar exatamente qual desses povos antigos da região dos Andes é. mas ele também acha que eu tenho cheiro de pêssego ou fruta azedinha, então não sei se é uma opinião válida.
Não é nem cara de branco, nem de negro.
Também nem é de cachorro (dãã!), e nem de pirata, como tem o Pablo, primo do Ty.
Não é de Maria Fernanda Cândido, como a Raquel, da facul também.
Mas é uma cara. A minha cara. O meu rosto, a minha face.Chame do que quiser.
Eu não sei exatamente do que ela é.
Mas pensar que "é a minha cara" também é tão esquisito quanto qualquer outra solução.

Nesse mar de devaneios que borbulham na minha cabeça, a sensação de reconhecimento que a gente tem quando se vê é uma coisa que e chama atenção. Até msm pq eu, que aoro me olhar no espelho, estou sempre me vendo. Mas é sempre uma surpresa. Aquilo, que vc está tão acustumado a ver que nunca parou pra pensar é muito interessante."Poxa, essa so eu. É assim que eu sou, que os outro me vêem" (Nunca pararam pra pensar nisso? Acho que não. Mas é a msm sensação de quando a gente vê aquela pessoa do sexo feminino a quem chamamos de mãe. A gente vvê tanto que provavelmente nunca para pra pensar na "materialidade" da mãe. Ou pai, que seja. É como se fosse uma entidade que ngn discute. ngn para pra pensar "Poxa, aquela mulher ali é a minha mãe. Eu estava dentro dela um dia." se parasse, ia achar tão estranho quanto eu acho.)
e eu até hoje estou tentando descobrir que cara que eu tenho. Ngn me convence que seja essa ou aquela.a convenção social me leva a adotar "boneca", mas...

What Am I saying? ...
Someone please stop my mind?

***

Hoje foi um dia legal. Brinquei de mímica na faculdade.
Namorei a tarde toda com meu gatinho.
Comi bobeira.
Escutei o primeiro cd da Britney.
Acho que na verdade vou fazer 12 anos.

***

Esse fds vai ser ótimo, lá lá lá!
Tchau pra vcs!

domingo, setembro 25, 2005

Domingo na cidade

O Domingo acordou com uma preguiça, aquela preguiça gostosa de quem acordou do lado de quem ama, com aquela vontade de ficar na cama o dia todo...

Mas o tempo o chamou para continuar a passar as horas, assim como o dever chamou o príncipe para ir embora...

E aí eu fiquei sozinha...

Domingo de tempinho muito do esquisito, e eu sozinha aqui... solução? RUA!

Fui no mercado, trouxe as compras em casa e, ainda não satisfeita, saí pra passear mais. Coo guia, só os pés, sem nada na cabeça mesmo... Quando dei por mim estava lá, no Campo de São Bento.

No primeiro dia da semana tem feira lá. Tem de tudo lá. Acho que não importa o que vc deseja, lá vc acaba encontrando. Te, de tudo msm... Bijouterias, comidas que cheiram espalham seus cheiros doces e salgados, e quentes pelo ar, palhaços, manisfestações, uma versão encadernada raríssima de "Dom Quixote de la Mancha", música e, claro, gente. Gente e bichos. Filhotes de amba as espécies então, nem se fala. Alguns quase te atropelando e outros dentro de umas caixinhas, esperando o seu carinho e com a maior carinha de "me leva pra casa" imaginável....

E como todo mundo encontra o que quer lá, eu encontrei... um cordão maravilhoso e um algodão doce que a muitos rondava meu pensamento...

Voltei pra casa e não estava mais sozinha... Muitas imagens, cores, sons e pensamentos pra todo o Domingo.

E agora, enquanto me divido em escrever e comer um delicioso strogonoff (by me!!), me dou conta qu a preguiça desse dia passou e ele está é querendo passar cada vez mais rápido...

sexta-feira, setembro 23, 2005

Trilha Nova

Enquanto não acho o Frontpage, pra poder roubar esse template aqui - que está tudo a ver com o meu momento atual, mas só tem nesse servidor - e formatar para o original Jululu, pensei em ficar postando daqui msm...

Sabe, o Jululu foi o começo de tudo... e eu materialista, apegada aos meus pertences como sou, não posso me desfazer dele. Eu simplesmente não vou me desfazer dele.... então provisóriamente estou aqui.

Eu não entendo esse blogspot, eu não sei usá-lo... e eu particularmente odeio mudanças... já bastam as pessoais, não é mesmo? Continuar com o msm blog de antes era o canal, mas com a msm cara não estava dando. Sabe quando tem alguma coisa entalada na sua garganta? Ééééé....

Enquanto arrumo a casa, vou me hospedando nesse canto aqui, que já vai ser a cara nova de lá msm.

Nada de surpreendente hj. Mó toró de manhã. Seminário de Teoria da Literatura (Teo Lit Rulz!!). Depiladora nova....

E agora vou dormir... bjos