sexta-feira, dezembro 29, 2006

POST COMUNITÁRIO
ORIGINALE DO BRASIL by Micha

Tema: Retrospectiva e Expectativas. Faça uma retrospectiva do que aconteceu de melhor (e pior, se quiser) no ano de 2006 na sua vida. Se preferir, divida por áreas (afetiva, econômica, familiar, música, passeios...) ou épocas (mensal, trimestral, semestral..).Faça uma lista das expectativas pro ano de 2007 que está prestes a chegar. Sonhos, planos...

Então, como eu não estava muito criativa quando comecei a escrever esse post, a primeira coisa que fiz foi ir lá nos arquivos ver se eu tinha prometido alguma coisa (bom...percebe-se o quanto essas promessas de ano novo são levadas a sério) no ano passado. Acontece que 2005 nesse mesmo PC com esse mesmo tema eu já até tinha feito a mesma coisa!! No referido post, eu comentei o que tinha se realizado das promessas do ano retrasado pro passado, e promessa mesmo, não fiz nenhuma (só mantive a disposição de emagrecer).

Visto que nada havia prometido, vou fazer a retrospectiva sem cobranças, apenas dizendo como foi esse ano que - quase já foi!

Ah, sobre emagrecer, a única pendência: Eu emagreci? Sim. E engordei também. No saldo final, posso dizer que, como entrei na academia, a “forma” do meu corpo melhorou, mas o “conteúdo” (peso) ficou o mesmo. Se eu vou prometer isso de novo. Ah, não sei. Emagrecer pra mim é uma questão muito complicada, porque eu AMO comer. Poucas coisas superam comida. Sou chocolótra, e sou compulsiva quando estou feliz/triste/ansiosa/nervosa/me-achando-um-lixo/ótima. Mas para falar a verdade, eu não me acho feia como sou não. Eu me amo, quando olho no espelho me acho linda e tenho vontade de me comer, sou narcisista assumida, devo ter até um distúrbio desconhecido de auto-estima super-elevada. Esse ano estava tranqüila em relação a isso, mas aí uma pessoa muito importante na minha vida me disse que eu deveria emagrecer e eu fiquei tão chateada que não sei se emagreço mesmo ou ela que se f!#$!#$!#@$. To filosofando sobre o assunto – enquanto como chocotone e peço uma iluminação... Então, não prometerei nada em relação a isso pro ano que vem, e tenho dito!

Entonces... Este foi 2006, e o que o marcou foi:

>>> Três períodos em apenas um ano na faculdade, com aumento de CR. Uma vitória!!

>>> Cabelo perfeito, esse ano foi um good-hair-year!

>>> Vários passeios em família. Paraty, Conservatória... Muito Show.

Mas, pra falar a verdade... não consigo me lembrar de muitas coisas boas. Esse ano foi ainda pior que o ano passado, em vários aspectos:

>>> O Oliver morreu. E a minha qualidade de vida (social, acadêmica) caiu enormemente. (Só que ontem eu ganhei um pc novo pra Nkt!!! Urrul!!)

>>> Muitos desentendimentos, ainda que não comigo, naquele 305 bosta-sujo-infestado-de-barata-quebrado-de-obra-e-sem-conforto.

>>> Saudades das amigas. E acho que vou ficar ainda mais, pois no ano que vem Julie, minh-melhor-amiga-mãe, vai pra Manaus. Ela passou pra EEAR. Nunca fiquei tão feliz e tão triste na vida.

>>> Não consegui emprego decente esse ano, tive muitos testes, muitas provas, mas recebi muitos “nãos”. Só agora no finalzinho do ano que eu comecei o treinamento num curso perto da minha casa que, se Deus quiser, vai abrir mais turmas de manhã e eu trabalharei mais.

>>> Briguei muito com Ty. Esse ano não foi um ano bom para a gente. Eu o amo muito, e ele me ama muito, e nós sabemos disso. Mas esse ano foi péssimo. Claro que houve momentos maravilhosos, impagáveis, mas apesar disso, esse ano continua sendo um ano ruim nesse nosso namoro. Vamos ver o que o ano que vem nos trará.

>>> Fiquei muito triste. Fiquei muitos dias triste, por tantos motivos diferentes que só de lembrar... Melhor nem falar pra não comprometer o dia de hoje.

>>> Fiquei e estou muito ansiosa por uma mudança de vida, por uma vida mais confortável, mais fácil, mais confortável. Fiz e faço diariamente muitos planos pro ano que vem, pra minha vida. Esse ano, esperei demais e nada veio. Vou tentar me controlar no ano que vem e não ser tão ansiosa assim.

>>> Ah... melhor parar de contabilizar coisas ruim. Chega de retrospectiva, vamos deixar para a Globo agora.

Bora parti pras EXPECTATIVAS?

Eu espero que o ano que vem seja bom. Que seja melhor. Qualquer coisa que melhorar já vai ser bom, rs... Espero que tudo se resolva, que seja de fato “ano novo, vida nova” pra mim.
Que o mundo também melhore, que o Brasil melhore. Eu quero que tudo melhore, tudo, em todos os aspectos possíveis, como já disse aqui no blog antes.

E pra completar o último post do ano, o meus mais sinceros desejos são:
SORRIA !
ABRAÇE UM AMIGO !
COMEMORE !
FAÇA UM PEDIDO !
FELIZ ANO NOVO !
FELIZ ANO TODO !

quinta-feira, dezembro 28, 2006

Gente, quem é essa mulher maravilhosa, essa Elis Regina??? Que loucura!!!!!!!!!!

Porque que essas pessoas incríveis morrem logo?
Deus, assim não pode, assim não dá!!!!


*É, tô vendo o Especial dela na Globo. Bom demais!




(Não vão achando que eu nunca ouvi falar, só fico impressionada como até hoje não apareceu ninguém igual!! Pq Maria Rita só tem a msm voz, mas o carisma, a personalidade...)

terça-feira, dezembro 26, 2006

TUDO tende ao tédio

Uma das grandes verdades da vida é que tudo acaba gerando um profunda e insuportável condição de TÉDIO. Engana-se quem acredita que o tédio só surge em momento de falta do que fazer, ou quando se está fazendo algo que não gosta. A questão é que a permanência de uma situação por algum tempo já a torna insuportável. Pode ser o emprego perfeito, a faculdade almejada, a(o) namorada(o) cobiçada(o), as férias sonhadas, ou então a casa que você passou anos planejando e construindo – enlouquecendo o arquiteto; tenha uma só certeza: vc passará a detestá-los porque depois de alguns dias (ou horas) vão se transformar num tédio só.Esse é um dos axiomas da vida (pós)moderna: Tudo Tende ao Tédio, constituindo-se na 1º Lei Geral da Existência Humana.

E isso é tudo porque a Tv da sala quebrou desde antes do Natal e só hoje é que será consertada, em função das Festas e tal... e pow, faz uma faaaaalta...
Não tenha absolutamente nada pra ler, ainda por cima!!!!

segunda-feira, dezembro 25, 2006

Meio assim, de última hora...
FELIZ NATAL!!!!
Que seja feliz até o último minuto!

sábado, dezembro 23, 2006

Hoje eu ia na Ilha o Japonês com as minhas amigas, tinha marcado 9h, mas quando acordei tava chovendo taaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaanto que nem rolou. Fazia tempo que eu não escutava tanta trovoada! Elas me acordaram antes do despertador, é mole? Uma pena, a gente tava combinando há 2 dias já...

Só que agora tá abrindo o tempo, já não rola mais de qq jeito, só queria expressar a minha indignação! Sacanagem!

Chuva de verão é outra coisa, né... É uma chuva que, por mais que atrapalhe os planos, ainda te faz rir, é uma coisa engraçada, ainda mais que sempre vem seguida de uma reviravolta climática... nem dá tempo de se estressar, ficar de mal humor... Sei lá, ela não faz a mesma sujeira que a chuva normal, ela é diferente... E, depois que passa, a gente ri e diz: "É, ainda bem, né? Deu uma refrescada!"

... ... ... ...

Tão bom viver dia a dia...
A vida assim jamais cansa...
Viver tão só de momentos
Como essas nuvens do céu! (Nada mais apropriado para hoje, depois do toró!)
E só ganhar, toda a vida,
Inexperiência...esperança...
E a rosa louca dos ventos
presa à copa do chapéu.
Nunca dês um nome a um rio:
sempre é outro rio a passar.
Nada jamais continua,
tudo vai recomeçar!
E sem nenhuma lembrança
Das outras vezes perdidas,
Atiro a rosa do sonho
Nas tuas mãos distraídas...

... ... ... ... ...

(Pra quem comentou: É, ainda falta arrumar o haloscan, mas a minha designer está muito atarefada e eu tô só esperando um momento livre dela. Falta só isso, e eu tb queria saber se tem como a minha letra parar de parecer como se estivesse sempr em negrito, se alguém souber como faz, me explica que eu já arrumo e dou um descanso pra
ela!)

sexta-feira, dezembro 22, 2006



NATAL...

Pois é... o ano já está acabando mesmo, ele já está quase aí de novo...

Todos os meus Natais foram bons, alguns foram mais divertidos que outros, mas foram todos bons. Eu já tive várias fases na minha vida, sabem, coisas de criança, de adolescente revoltada no melhor estilo "família é uma instituição falida, brega, quero ver pelas costas", mas sempre no natal eu percebia que por mais que passasse o ano todo pensando esse tipo de bobagem, eu AMO a minha família, toda ela, do lado de pai e de mãe, e cada vez mais. Eles são uma tipo uma extensão de nós mesmos, aqueles que têm o mesmo sangue que nós (e até os que não tem, são como se tivessem, né? Essa é a mágica de pertencer a uma família!).

Todos os meus 19 Natais, sem tirar nem por. Espero que esse ano o 20º seja igualmente maravilhoso.

O que eu pediria a Papai Noel? Ah Micha, porque que você foi colocar "materialmente"? A lista não sei se cabe aqui não!

Eu quero: Tirar carteira de motorista, um computador novo pra Nkt, um dvd, que a minha irmã passe no vestibular, que o meu namorado passe no TRE (e eu tb!), um monte de roupa, sapato, acessórios, que eu me dê bem no meu novo emprego ano que vêm, um colchão novo pro meu quarto em CF, que nada mais quebre no 305, óculos escuros novos e emagrecer. Tem mais, mas se eu resolver ficar listando tudo...

Mas o que eu realmente peço é que o ano que vem seja melhor. Em todos os aspectos, total e irrestritamente, e se Papai Noel e Papai do Céu derem isso pra esse mundo todo, não preciso pedir mais nada.

FELIZ NATAL!


... ... ... ...

Amanhã é 23, são 8 dias para o fim do mês...
.................................................................(Kid Abelha)
.
.
O ano já está quase acabando, eu já estou quase de férias (ainda tenho trabalho pra entregar até dia 29!), mas já estou em casa, em CF. Isso me deixa muito feliz! Vou ficar aqui um bom tempo agora, espero não voltar tão cedo, e aproveitar ao máximo a estadia!
.
Acho que, quanto mais perto chegamos do ano que vem, mais feliz eu vou ficando. Eu não gostei desse 2006, não... HOje estou me sentindo muito feliz, só queria destacar isso!
.
A única coisa que me deixa triste é a saudade...
"Faz tanto tempo que eu não te vejo, queria o seu beijo outa vez..."

quarta-feira, dezembro 06, 2006

E ENTÃO, GOSTARAM DO MEU NOVO VISUAL VIRTUAL???

Era para isso que vocês estavam se preparando, povo!

Ano Novo, Blog novo, vamos ver se a vida se renova também!!!

Ainda vou sumir mais por um bom tempo, nesse momento estou no pc da faculdade - que é joça demais - e estou atolada totalmente em trabalhos, além da falta do Oliver e de também estar sem pc disponível na casa do meu adorado Ty. Então nem sei quando será o próximo post, mas tentarei aparecer aqui na sexta, senão, só na segunda antes da aula mesmo.

Agora deixa eu ir lá pq ainda tenho q criar e digitar um trabalho de didática pra 18h.

Bjos meus amores, muitas saudades de vcs!

ps: depois ainda vou corrigir os links, perfil, etc. Mas espero que vcs já gostem assim tb!!

ps2: mais beijooooooooooosssssssssss

quarta-feira, novembro 22, 2006

Se preparem...

Logo teremos novidades aqui!!!

sexta-feira, novembro 10, 2006

POST COMUNITÁRIO
.
ORIGINALE DO BRASIL by Micha
.

Tema: PRIMEIRA PÁGINA. Qual (is) fato (s) da sua vida daria uma notícia de jornal? conte um (ns) fato (s) curioso (s), engraçado (s), trágico (s), tosco (s), bizarro (s), cômico (s)...Pode ser mais uma notícia, pode dividir por cadernos (esportes, cultura, diversão e lazer...) A notícia é sua.
.
.
Eu pensei muito em que notícia da minha vida eu poderia dar pra vocês. Acontece que a minha vida está mais pra dramalhão mexicano que pra noticiário. Assim sendo, seria mais apropriado que eu postasse as o "resumo semanal" e as "cenas do próximo capítulo" como tem nessas revistas de tv...
.
Como não dava para tirar o mérito de nada importante que tenha acontecido na minha vida e colocá-lo todo em uma notícia visto que tudo que foi importante tem muito valor, a solução óbvia que me apareceu do que anunciar pra vocês foi o seguinte:
..
..



.
.

.
>>> Não, eu não sou modesta!!

BJOS PRA TODOS!!


domingo, novembro 05, 2006

Ainda sem o Oliver, ainda sem emprego decente, ainda sem vida social satisfatória, ainda sem ter iso (pelo menos) na praia, ainda sem um cabelo bonito (fios loucos ressecados, como sempre), ainda sem saber como será o amanhã, ainda nesse maldito ano de 2006 que não acaba nem por um decreto...
.
.
.


Horóscopo de hoje:
Libra - 5/11 - Um dia em que você estará um pouco irritado (um pouco?!?!?!?!), sentindo alguma crise pessoal (sim, sei). Para melhorar essa situação converse com quem você confia (em CF em pleno domingo? quem?) e entre em equilíbrio com as suas próprias energias (como?).
.
.
.
.
.
... ... ... Eu queria que, às vezes, só de vez em quando, as coisas saíssem do jeito que eu quero, como eu espero que elas aconteçam. É meio chato e deprimente quando a gente começa a sentir uma certeza de que nada vai ser assim... ... ...

domingo, outubro 29, 2006

Sai Zica!

Dois post seguidos para tirar o atraso e fazer um comentário.

Comentário:

Gente, o que é a INVEJA, né?

Ultimamente, aqui em casa - Cabo Frio, nenhuma planta vinga. Tudo recém plantado não pega e o que já estava vivo, murcha. As roseiras, que antes abundavam, agora são raras, estão todas morrendo. A grama seca rápido, mesmo com essas chuvas doidas desse tempo que não firma.

Pois bem, é sabedoria popular que as plantas captam as energias negativas do ambiente, certo? Roseiras, em especial, pegam a energia da inveja.

Acontece que estamos com uma invejosa dentro de casa, por isso que nada vai pra frente. Quem? A menina que trabalha aqui, a empregada. É mole?

Vou dizer mesmo: A minha família é bem de vida. Meu pai saiu duma favela ferrada da Baixada Fluminense, minha mãe era pobre também, e agora, por mérito próprio, estão super-bem. É de despertar inveja mesmo. Mas ca-ra-ca... Eu nunca tinha visto se manifestar assim!!!

Todo final de semana a minha mãe fica doente, passa mal de alguma coisa estranha, fica se sentindo mal sábado e domingo, e segunda tá novinha em folha. Era tudo uma "estranha e chata coincidência" até a minha mãe reparar que ela sempre comentava com a menina que ela ia sair de noite, ou iria pra algum lugar, teria alguma programação aqui ou fora de casa. Ou então a empregada mesmo perguntava quais eram os planos pro fds, e fazia comentários tipo "Ah, que legal, esse tal lugar que vocês vão é muito legal, pelo que dizem." ou "Ó, vão se divertir/aproveitar/curtir à beça!". Pois bem... Todo fds, sábado, logo após ela ir embora (la trabalha sáb até depois do almoço), minha mãe começa a passar mal, e acha que comeu de mais, a comida não deve ter caído bem, ou então acha que vai gripar e afins...

E enquanto isso, por mais que o meu pai insistentemente traga adubo, passe remédio e compre outras mudas, as roseiras morrem, pra sua tristeza (ele gosta de planta)... Então, esse sábado, quando a serviçal perguntou o que faríamos, minha mãe respondeu "Nada não, vamos só ficar em casa, todo mundo vai estudar". Voilá!! Ela está se sentindo super bem!! Não passou nem um pouquinho mal!!

Gente, é por isso que eu pergunto: O que que é a inveja, né? É veneno, é noçiva! Se até a minha mãe fica mal, imagina como essa menina deve ser podre por dentro! Fico com pena? Bom, sim e não. Empregado é uma "raça" à parte de todos os outros trabalhadores, ele têm inveja e outros defeitos quase como prerrogativa! Mas queria que ela não fosse assim pq é ruim pra ela tb. Minha mãe vai dispensá-la em fevereiro próximo (não dá pra ser antes, pq arranjar empregado em final de ano é um suplício), e todos queremos logo que esse mês chegue!

Poizé...



>>> Hum... Já votei, e vocês?

>>> Alguém já leu a série "Os Reis Malditos", de Maurice Druon? São 7 livros (pequenos, não desesperem! O 7º nem saiu traduzido ainda!) Eu já tinha pego emprestado com uma tia que tinha do 1 ao 4 e o 6, então ñunca consegui terminar de ler. Mas é muuuuuuito bom!! Eu comprei os 3 primeiros volumes no meu níver, e ea pra durar um por mês até dezembro, quando eu pediria os 4 últimos de Natal. SÓ QUE eu já li todos!!! E agora? Que tristeza! Não quero esperar, acho que vou ir comprando com as minhas economias! Não dá pra parar, é muito bom!!

sábado, outubro 28, 2006

OIÊ!

Existe uma possibilidade de talvez o Oliver voltar mais cedo do que esperavamos... Maaaas enquanto isso...

Eu vim aqui, já que vim até Cabo Frio exercer os meus direitos políticos, para colocar no ar uma campanha que eu adotei de coração!



All the Same
I don't mind where you come from
As long as you come to me
I don't like illusions I can't see
Them clearly
I don't care no I wouldn't dare
To fix the twist in you
You've shown me eventually
What you'll do
I don't mind...
I don't care...
As long as you're here...
Go ahead tell me you'll leave again
You'll just come back running
Holding your scarred heart in hand
It's all the same
And I'll take you for who you are
If you take me for everything
Do it all over again
It's all the same
Hours slide and days go by
Till you decide to come
And in between it always seems too long
All of a sudden
And I have the skill, yeah I have the will
To breathe you in while I can
However long you stay
Is all that I am
I don't mind...
I don't care...
As long as you're here...
Go ahead tell me you'll leave again
You'll just come back running
Holding your scarred heart in hand
It's all the same
And I'll take you for who you are
If you take me for everything
Do it all over again
It's always the same
Wrong or right
Black or white
If I close my eyes
It's all the same
In my life
The compromise
I close my eyes
It's all the same
Go ahead say it you're leaving
You'll just come back running
Holding your scarred heart in hand
It's all the same
And I'll take you for who you are
If you take me for everything
Do it all over again
It's all the same
(Sick Puppies)
Me tocou. Espero que vocês gostem tb!
...
...
..
;;;
....
...
...
*Mas esse post não descompromete Srta. Nirvana! HEHEHEHEHE

sábado, outubro 21, 2006

GENTE QUERIDA DO MEU CORAÇÃO!!

Poizé... Eu AINDA estou sem computador...

O Oliver, adivinhem, está em Petropólis sendo consertado... acho que ele tá gostando de lá e resolveu se aposentar e ficar naquelas terras mesmos...

Mas de qualquer jeito, eu tomei uma resolução: Só voltou aqui com o meu lay novo, que a Srta. NIRVANA está me devendo!! Rs... Portanto, moça, estou esperando!

.
.
..
.

P.S.:Gente, agradeço as visitas e a preocupação com o último post e queria dizer que ficoutudo bem e que hoje vou sair para comemorar 3 anos (oficiais) de namoro!!!

sábado, outubro 14, 2006

Eu queria que ele virasse para mim e falasse "Eu não vou deixar você terminar comigo assim", ao invés de "É você quem sabe, eu aceito o que você decidir".

Eu queria que ele fosse Galahad, o campeão da rainha, cavaleiro dedicado, estremoso.

Eu queria que ele chegasse e me conquistasse, todos os dias. Da primeira vez, eu me encantei tão espetacularmente rápido, por que agora é tão difícil?

Eu queria que aquele papo de conquistador barato me persuadisse, me cativasse como antes, mas as velhas surpresas não têm me deslumbrado tanto.

Ás vezes eu tenho tanta certeza de que o odeio quanto de que o amo.

Eu queria que fosse menos bom quando estamos bem, para que não fosse tão ruim quando estamos mal.

Eu queria que decidir não implicasse em dor.

Eu queria ter certeza de alguma coisa, de qualquer coisa.

sexta-feira, outubro 13, 2006

EU SEI QUE É FODA VIR AQUI SÓ PRA FALAR ISSO DE NOVO, MASSSSS...
AINDA ESTOU SEM COMPUTADOR EM NKT.
O CONSERTO DO OLIVER ESTÁ COMPLICADO, O QUE TEM COMPLICADO BASTANTE A MINHA VIDA. ESTOU EM CF NESSE MOMENTO TENTANDO ME DESENROLAR DOS PROBLEMAS QUE ESSA AUSÊNCIA ME CAUSA MAS... TÁ COMPLICADO, rs...
BEIJOS PRA VC, DE QUALQUER MANEIRA.

(Ontem fui no show do MASSACRATION - o show mais foda da minha vida!!!)

SEM MAIS, TCHAU!

sábado, setembro 30, 2006

TÔ AQUI
...(provisoriamente)
.
No dia seguinte ao último post, Oliver retornou ao estado de coma, dessa vez mais profundo, e nele se encontra até o presente momento.
E eu? Enrolada, ferrada, mergulhada em desgraça, cheia de coisas para fazer atrasadas, tudo por causa desse meu pc senil. Meu blog fez 1 aninho de vida semana passada e nem pude comemorar aqui com vocês!!
E o que eu tenho feito? Passado por uma fase muito difícil. Sabem como é, o tal do inferno astral. Ou pelo menos eu espero que seja... Se bem que deve ser mesmo, porque agora que está quase chegando o dia, está começando a melhorar...
E então? Nada, ué. O Oliver eu não sei quando fica bom, e só fico em CF provisoriamente em função das eleições, segunda retorno ao 305...
Vou tentar visitar todos vocês, mas tenho taaaantas coisas pra fazer antes que não sei se vai dar tempo! Mas fica um beijo ENORME!!

sexta-feira, setembro 15, 2006

Acredite se quiser... São 15:33 e o Oliver voltou do coma profundo em que estava!! Poizé, poizé, poizé...E bem hoje, no dia do PC, podia ser melhor??? Veio um moço aqui que só passou o dedo na placa de memória (pra tirar a estática) e pronto! Gente, o que não é a ignorância né? O que ele fez foi super simples e só levou 10 segundos. E o Oliver já estava down há 2 semanas por causa disso! É mole? Poizé...

(Nem acreditei quando abri meu Orkut agora há pouco! Que sensação deliciosa! Mas... Vamos ao pc?


POST COMUNITÁRIO
ORIGINALE DO BRASIL by Micha

Tema: Filmes. Qual é o filme que você mais gosta e por quê? Qual foi o impacto dele na sua vida? Qual o seu ator/atriz favorito(a) e por que você se identifica tanto com ele(a)?

Eu não tenho assim um "filme preferido". Tendo mesmo que responder, eu diria logo "O Senhor dos Anéis", porque é o filme do livro da minha vida e tals mas... esse filme não é o meu prferio de verdade, é mais só pra ter uma resposta que eu diria isso.

Eu gosto de alguns determinados filmes que vejo SEMPRE que passa e tenho certeza que verei mais quantas passar até o fim dos meus dias, e então, acho que esses são os meus filmes preferidos.

Não, não dá pra dizer que eu escolheria somente um deles, pois seria muuuito injusto. Mas se estivessem passando todos no mesmo horário em canais diferentes e eu tivesse que escolher, a ordem seria mais ou menos essa (super sujeita a mudanças na ocasião real):

> Jerry Maguire - a Grande Virada (Tom Cruise - "eterno" e antes de dar a louca - dizendo "eu te amo, você me completa"... ai ai...eu SEMPRE VEJO E SEMPRE CHORO)
.
> Um Lugar chamado Nothing Hill (filme lindo com a música mais linda "She - Elvis Costelo" no final! Bom DEMAIS)
.
> Mensagem para você (Porque é tãããããããão meiguinho e agua-com-açúcar...)

> Impacto Profundo (nossa... eu curto muito esse filme, mesmo sendo super sem-graça)

> Patch Adams - O Amor é Contagioso ("sometimes, when you lose, you win" = buáááááááááá)

> O fantasma da Òpera (pena que passa tão pouco)

> A casa dos espíritos (just perfect, queria ler o livro)

> De amor e de sombras (por sinal é livro da mesma autora do supracitado - Isabel Allende)

Pois é, esses são "Il preferiti" de Juliana. Aqueles que ela prefere ver a arriscar ver algum filme novo que ela desconfia que não será tão bom... cujo impacto normalmete tem a ver com os sentimentos mais românticos da minha alma e resulta sempre numa torrente de lágrimas...rs...

Quanto a ator/ atriz preferido? Aí fica mais dificil ainda, porque não tenho mesmo, a não ser pelo critério de beleza, mas será que vale? Acho que não, então vou deixar pra lá, afinal que que adianta dizer que eu acho o Johnny Depp gostoso, o Tom Cruise eterno e o Brad Pitt um pedaço de mal caminho? Não faz a menor diferença dizer que eu acho que beijaria a Jolie e a Nicole Kidman e ia ficar ser duro (mas eu consegueria!) permanecer fiel se o Orlando Bloom viesse cheio de amor pra dar, mas isso não vem ao caso... não é nada relevante mesmo.

Bom, enfim, termino dizendo que essa pergunta foi uma das mais dificeís de responder em todos os pcs que participei!

... ... ...

Essa semana mantive minha dieta com tranquilidade, mas só me pesarei prar conferir os resultados amanhã. Resolvi que só me pesarei semanalmente na balança que tem na casa do meu namoradolindo para não haver nenhum estresse por não ter peridio nada de um dia pro outro e nem confusões em balanças com diferentes regulagens.

... ... ...

Já devo ter comentado que as minhas férias acabaram, mas foi só nessa segunda que elas acabaram de verdade, está tudo - como sempre - uma bagunça na minha facul, professor que não vai, matérias inúteis, tenho uma profª que parece que saiu de dentro de um livro´do Harry Potter (mto figura!!), vários professores chatos e estou tendo aula todo dia de manhã e de noite. Acho que me mudarei definitivamente do305 para lá, pra poupar passagem e caminhadas (eu vou muito a pé pra lá)... aiai já tô precisando de férias de novo...

... ... ...

Tchau e bença pra vcs!

domingo, setembro 10, 2006

Último dia do feriado. Daqui a pouco eu volto pra NKt...

Esse feriado foi legal, apesar do frio chaaaato...
Vi muitos dos meus amigos (faltaram as amigas!), curti meu namorado, minha família e minha casa, saí, vi filmes (As aventuras de Dick e Jane e Minha super ex-namorada) até fui na praia e comi pacas...

Dos cinco quilos do mantra, eu tinha conseguido perder 2! Agora, de volta a Nkt, vou reiniciar a dieta e tenho uma nova meta: Até meu niver emagrecerei 5 quilos!

Claro que essa é uma meta a curto prazo, porque eu ainda terei que perder, depois desses, mais 7 kilos. Eu fiz uns modelos virtuais super legais de como vou ficar antes e depois do processo, pra dar um incentivo. Olhem só:

Antes (balofosa) Depois (gostosa)


Até o meu niver emagrecei 5 Quilos

De 5 em 5, é assim que eu vou.

São 24 dias pra melhorar a alimentação

24 dias para me exercitar.

24 dias sem toddy, chocolate e guloseimas.

Até o meu niver emagrecerei 5 quilos.

Vou estar linda e gostosa ao completar 20 anos.

Vou sair ótima nas fotos.

5 quilos.

5 quilos até dia 4 de outubro de 2006.

Resolução tomada.

Até o meu aniversário emagrecerei 5 quilos.

p.s: Eu só queria dizer que amo tanto tanto tanto o meu namoradolindo que fico até doida! Fiquei tão feliz dele ter podido vir no feriado, que foi bom quase esclusivamente por isso...

quinta-feira, setembro 07, 2006

Nada melhor para comemorar nosso Independence day do que brincar! Vamos brincar comigo?
Fui etiquetada

Tenho que falar 6 coisas sobre mim e deixo a cargo de quem quiser participar da brincadeira se etiquetar tb!!

1. Sou medrosa e chorona.
Choro até vendo filmes como "Legalmente Loira". E quando vejo uma barata vocês já sabem o que acontece...

2. Só tomo banho quente.
Não tô nem aí se lá fora tá fazendo 45°. Tomo banho pelando - de sair vapor e preencher todo o banheiro, embaçar o espelho... a-do-ro!

3. Falo muita merda.
Adoro um papo meio ou totalmente pervertido, falar sacanagem é comigo mesmo!!

4. Não me acho, sou!
Gente... eu me comeria!!! Sou super narcisista, adoro me olhar no espelho, ficar me namorando, tem que ver! Sou uma metida de marca maior, só que inrustida!

5. Reclamo de tudo.
Esse é o único esporte que pratico com prazer!! Rs, sou muito reclamona, meu Dignissímo que o diga!!!

6. Queria ser escritora.
Já começei a escrever um livro, mas não tenho talento nem paciência para terminá-lo. É um de avemtura, e não decidi o final, nem o meio. Pra falar verdade, já modifiuei o começo diversas vezes também. Aí engavetei. Quem sabe um dia?

x xxx xxx xxx x

Se no Orkut fosse permitido apenas 09 (nove) comunidades, sendo cada uma de um gênero diferente quais seriam as suas?

As minhas:

1 - Seriado: - [Gente, eu devo ser alien, não vejo nenhum seriado!]

2 - Música: Foo Fighters [ Sorry, Bono, I also love you but...]

3 - Doença: Divisória da calçada [Transtorno Obssessivo Compulsivo]

4 - Clichê: Eu odeio domingo a noite [Horas de infindável tortura]

5 - Peculiaridade: Eu falo sozinho em Inglês [Oh, yeah... I do...]

6 - Comida: Donuts [Quase foi chocolate, mas donuts são mais variados!]

7 - Tosqueira: Minha Barbie era piranha [Desde de pequena já...hahaha]

8 - Eu odeio: Eu odeio cagar molhado [conhece essa sensação desagradável? join!]

9 - Utilidade Pública: Diga não às pirralhas precoces! [Morte! Fogueira!]

quarta-feira, setembro 06, 2006

Eu não gosto de ficar sem o Oliver por que, as vezes, na solidão do 305 e dos rostos eternamente desconhecidos de Niterói, ele é o meu melhor amigo. Odeio perder post dos meus amigos virtuais e "virturreais", porque estou longe dos meus amigos reais e fico me sentindo perdida num lugar que as vezes me é familiar, mas ao qual eu não tenho certeza se pertenço ou não. It's good to be here.


What you don't have you don't need it now
What you don't know you can feel it somehow

(U2 - Beautiful Day)

Faltam 28 para que eu complete 1/5 de século, 1/8 do que eu desejo viver.
Eu tenho medo porque vou fazer 20 anos e sempre achei que fosse ser a melhor época da minha vida, e quase é mesmo, mas eu não sei bem. Não sei bem de nada e sempre achei que, com 20 anos, ia saber de tudo. Scary ideas on my mind... Eu não sou ninguém do que achava que fosse ser, e isso ainda quer dizer que eu posse ser tudo, qualquer coisa. Na atual conjectura não sei se essa ousadia de ter tantas possibilidades é boa ou ruim. Pois é, a Juliana tem medo de crescer... Por isso o rótulo de boneca é o que mais a agrada. Tenho 28 para aprender tudo que não sei, ou descobrir que não preciso saber nada e me acalmar com isso.


It's just a moment, this time will pass...
(U2, Stuck in a moment)

E se eu cortasse o cabelo? Morro de vontade, porque não? Bem na altura dos ombro? Ele não ia mais armar como eu sempre odiei que fizesse, pq agora nós nos damos bem, eu trato ele bem e ele me obedece a maior parte do tempo, como um filho meio rebelde que só precisa ser bem disciplinado. Será que tudo ia ficar diferente, que a pessoa no espelo seria nova e a vida se renovaria também? Mas que bobeira... uma coisa não tem nada a ver com a outra...
E se eu cortasse o cabelo? Passe vários (4) anos esperando que ele crescesse, tratando, gastando uma baba de dinheiro nele.
E se eu fosse lá e cortasse? Pelo menos eu ia ter um motivo concreto pra chorar, se me arrependesse!
E se? Tenho que amadurecer essa idéia. Tenho que amadurecer...


Leave it behind
You've got to leave it behind
All that you fashion
All that you make
All that you build
All that you break
All that you measure
All that you steal
All this you can leave behind
All that you reason
All that you sense
All that you speak
All you dress up
All that you scheme…
All this you can leave behind
(U2 - Walk on)
.
E o feriado, hein? Feriado: Lugar preferido + pessoas preferidas = Perfect!
.
It's a beutiful day...
(U2 - Beautiful day)

sexta-feira, setembro 01, 2006

POST COMUNITÁRIO
ORIGINALE DO BRASIL by
Micha

TEMA: Se eu fosse você. O que vc gostaria de fazer se fosse de sexo oposto por uma semana? Se vc é mulher, o que vc acha legal nos homens, mas que vc não pode fazer pelo seu sexo? E p/ quem é homem, o que gostariam de fazer se fossem mulher???

Como eu sempre digo pro Dignissímo : "Se eu tivesse um pênis, eu ia me divetir muuuuito."
(Sem pensar bobeiras, seus leitores maliciosos!!!
Aliás, podem pensar bobeira sim pq eu pensei tb!)

Ora, senhoras e senhores, pois não é divertidissímo o órgão sexual masculino?
Vamos ser sinceros, é um negócio engraçadinho mesmo. Daquele jeitinho que eu não preciso descrever aqui, penduradinho pra fora, dá pra ver perfeitamente e com facilidade (sem precisar ser contorcionista ou ficar numa posição semi-ginecolócia que é embarassante mesmo quando estamos sozinhas no quarto/banheiro/ect.), é manuseável e "manobrável", enfim: É um apêndice engraçadinho mesmo. Se eu virasse homem por um tempinho, ia ficar brincando com ele, olhando, admirando... rs... É um treco muito diferente mesmo, esquisito, sei lá, pra mim, que não tenho um, é interessantissímo!

E o aparelho ainda é multiuso: Serve para excreção e reprodução, e até mesmo para coçar! Mas a função mais maravilhosa dele é, para mim, a que me deixa mais tentada para ser homem: Fazer xixi em pé. Ò, que sonho de consumo!

E eis que, nesse mundo que ainda hoje é machistão, a única coisa que me seduz e fascina no sexo oposto é esta incrível habilidade, que facilitaria tanto a minha vida. Eu, que tenho a bexiga solta, faço xixi o tempo todo, só vejo vantagem nessa capacidade. Toda aquele papo da discriminação - que é realidade pura, infelizmente - da mulher no mercado de trabalho, da visão da mulher como objeto, da dupla jornada feminina entre trabalho e casa, das dificuldades em ser mulher e tal, para mim não são obstáculos, não. Eu curto ser mulher.

Os homens também enfrentam problemas puramente por pertencerem ao sexo masculino, ou vocês têm a ilusão de que tudo é mais fácil para eles? Claróvisky que não! Vocês acham que só porque eles não menstruam, não têm que depilar, não têm tpm, são - não adianta dizer que não - bem menos cobrados em relação à aparência, são mais fortes e mais práticos (a grande maioria), têm bem menos grilos em relação a tudo que se possa pensar e podem fazer xixi em pé, que tudo é fácil para eles? Pois é. Não é não. Eles têm outras cobranças (ser provedores, demonstrar sempre sua masculinidade, esconder os sentimentos), outras inseguranças (ficar careca, brocha, ser péssimo amante, levar chifre), e também acham que - surpreendentemente - tudo é mais fácil para as mulheres.

Em pesquisa de campo com Namorado e amigos, eu descobri que eles acham que: Elas entram nas boates mais facilmente que os homens; pagam menos nos ingressos do que os caras; arrumam emprego mais fácil do que os homens (ex.: se for procurar emprego em uma loja - disse Ty - a mulher é mais fácil de entrar do que o homem); conseguem sempre um favor ou uma vontade com um simples sorisso (ex.: Sorriso + "Tio, pode ficar faltando R$ 0,50 na passagem?" = "Claro, passa aê"); nunca precisam fazer trabalho físico - sempre aparece um marmanjo pra ajudar a trocar o pneu ou carregar o peso; se ganham menos que o homem não é vergonha (ok, foi machista, mas é o que a maioria deles pensam mesmo), e quanto à maternidade, são sempre superconsideradas em detrimento dos pais, por mais legais, dedicados e presentes que estem sejam.

Assim sendo, eu não invejo o homem em nada, mas se eu virasse um por uma semana, ia me divertir horrores com meu pênis, fazendo tanto xixi em pé quanto pudesse! Ia beber 5 litros de àgua por dia!! Mas só isso mesmo, que é o que eu acho mais legal!

Segue um texto que recebi por email e ilusta bem essa questão "urinológica".

O QUE TODO HOMEM DEVERIA SABER SOBRE BANHEIROS FEMININOS.

Banheiros Femininos: Minha mãe ficava histérica com os banheiros públicos, quando pequena me levava ao banheiro, me ensinava a limpar a tampa do vaso com papel higiênico e cobrir cuidadosamente com tiras de papel em toda a borda. Finalmente me instruía: "Nunca, NUNCA se sente em um banheiro público". Logo me mostrava "A posição" que consiste em se equilibrar sobre o vaso emuma posição de sentar sem que o corpo entre em contato com o vaso. Isso foi há muito tempo, mas ainda hoje em nossa idade adulta, "a posição" é dolorosamente difícil de manter quando a bexiga está quase estourando.

Quando você "tem que ir" a um banheiro público, sempre encontra uma filade mulheres que te faz pensar que as cuecas do Brad Pitt estão à venda pelametade do preço. E assim espera pacientemente e sorri amavelmente às outras mulheres que também estão discretamente cruzando as pernas. Finalmente é a sua vez, você olha cada cubículo por baixo da porta pra verse não há pernas. Todos estão ocupados, mas finalmente uma porta se abre e você entra quase jogando a pessoa que está saindo. Você entra e percebe que o trinco não funciona, mas não importa... Você pendura a bolsa no gancho que tem atrás da porta e, se não tem gancho, você a pendura no pescoço mesmo, enquanto se equilibra, sem contar que a alçada bolsa quase corta a sua nuca, porque está cheia de porcarias que você foi jogando dentro, das quais não usa a maioria, mas as tem aí, para o caso de "e se eu precisar?" Mas, voltando à porta... como não tinha trinco só lhe queda a opção desegurá-la com uma mão, enquanto com a outra você abaixa a calcinha e fica"em posição"

Alívio... ahhhhhh... mais alívio, aí é quando suas pernas começam arelaxar e você adoraria sentar, mas não teve tempo de limpar o vaso e nem cobrir com papel, nessa hora você quase tem um treco de tão aliviada, ai dá uma desequilibrada e erra a mira. Pronto, o suficiente pra ficar molhada até as meias, e é obvio que dá pra notar. Para afastar o pensamento dessa desgraça, você procura o rolo de papel higiênico... maaaas.. hehehe, o rolo tá vazio! E as suas pernas continuam querendo relaxar. Ai você lembra de um pedacinho de papel que tá na bolsa, meio usado porque você já limpou o nariz com ele, mas vai ter que servir, você o amassa pra absorver o máximo possível, mas ele é muito pequeno, e ainda tá sujo de meleca. Nisso alguém empurra a porta e, como o trinco não funciona, você recebe uma baita portada na cabeça. Aí você grita "tem genteeeeee" enquanto continua empurrando a porta com amão livre e o pedacinho de papel que você tinha na mão cai exatamente em uma pequena poça que tinha no chão e você não sabe se é água ou xixi... hehehe... você vai de costas e desequilibra, caindo sentada no vaso.Você se levanta rapidamente, mas já é tarde, seu traseiro já entrou em contato com todos os germes e formas de vida do vaso porque VOCÊ não o cobriu com papel higiênico, que de qualquer maneira não havia, mesmo se você tivesse tido tempo de fazer isso.
Sem contar o golpe na cabeça, o quase corte na nuca pela alça da bolsa, a espirrada de xixi nas pernas e nas meias, que ainda estão molhadas... a lembrança de sua mãe que estaria terrivelmente envergonhada de você,porque o traseiro dela nunca sequer tocou o assento de um banheiro público,porquefrancamente, "você não sabe que tipo de doença poderia pegar ai".

Mas a aventura não termina ai... Agora a descarga do banheiro, que ta tão desregulada que jorra água como se fosse uma fonte e manda tudo pro esgoto com tanta força que você tem que se segurar no porta-papel (quando tem) com medo de que aquele negócio te leve junto e te mande pra China. Ai é finalmente quanto você se rende, está ensopada pela água que saiu da privada como uma fonte.Você está exausta. E sai passando pelafilade mulheres que ainda estão esperando com as pernas cruzadas e nesse momento você é incapaz de sorrir cortesmente. Uma alma caridosa no fim da fila te diz que você ta com um pedaço de papel higiênico do tamanho do rio Amazonas grudado no sapato! Você puxa o papel do salto e sai. Nesse momento, seu namorado ou marido que entrou, usou e saiu do banheiro masculino e teve tempo de sobra pra ler"Guerra e Paz" enquanto esperava te pergunta: "Porque demorou tanto?"É nessa hora que você dá um chute no saco dele e o manda pra putaqueopariu!


Texto dedicado a todas as mulheres de todas as partes do mundo que játiveram que usar
um banheiro público. E finalmente explica a vocês, homens, porque nós demoramos tanto.

terça-feira, agosto 29, 2006

O monitor do Oliver tá ruim. EStou sem pc em Nkt. Estou em CF agora...


Pensamentos soltos...

Melhor do que escutar Corinne Bailey Rae nesse dia frio de chuva seria escutar Corinne Bailey Rae num 305 vazio - e limpo! - com a chuva caindo e meu namorado a total disposição... Corinne, Comidinha, filmezinho, edredon, Ty... hummmm

Se eu fosse tatuar algo que tivesse uma relação ideológica com a minha pessoa, ou que simbolizasse uma filosofia de vida, algo como o Carpe Dien da Mi e o Voláro da Van, seria um "Hakuna Matata" ou o meu nome no alfabeto fonético internacional (não dá pra escrever aqui, não tem os caracteres específicos no blogger).

Poxa, acho que estou ficando neurótica... mas mesmo seguindo direito meu mantra, tô achando que estou mais gorda. Será efeito dos doces em Padre Miguel?

domingo, agosto 27, 2006

Oh happy day...

E eis que mesmo tendo ficado 516541863415318 horas no ônibus (hehe), mesmo tendo me perdido, passado fome e calor no caminho, e ter enfrentado quase os mesmo apuros (com exceção de nova perda do caminho) pra voltar, ter ido à Padre Miguel, pra casa da Mere, foi MUITO MUITO MUITO LEGAL!

Foram também a Micha, a Lu, a Van (tatoo lin-da) e a Prips. Imaginem. Muita conversa, fofoca, papo de mulher, risadas, macarronada e brigaderão (mas o mantra continua de pé!!), mais risadas, mais muitas risadas, fotos e hum... pena que acabou, por mim virava a noite lá! Amei!

Ficou com gostinho de quero mais!!!

Depois eu cheguei em casa pra me aborrecer com a vaca-mal-comida da cabeleleira que deveria ter acabado de fazer escova progressiva no cabelo da minha irmã no máximo meio dia e 19h ainda não o terminado!! Não dá pra contar com essa raça!! São uma raça, esse pessoal de "serviços", não tradalham direito, não pra pra confiar, não têm ambição, pensam pequeno. Nascem pra ser subalterno, empregado mesmo. Tô com muito ódio - ainda - dela. Me atrasei toda por falta de compromisso alheio. Droga.

Mas tudo, bem, porque no final eu tomei aquele banho e fui ver meu Digníssimo (te amo!!!), vimos filme, comemos cachorro quente (mas o mantra continua de pé mesmo!!!!) e a noite foi ótima.

Amo muito tudo isso!!!

terça-feira, agosto 22, 2006

Engana-se quem pensa que Páginas da Vida não tem núcleo pobre. Do que mais pode ser chamado aqueles depoimentos deprimentes ao final de cada capítulo?

O de hoje foi patético, como a pessoa se presta a ir à público falar coisas que ninguém precisa escutar antes de dormir?

Pois bem, se eu, como a pobre (literalmente) coitada que foi ao ar minutos atrás, ouvisse de um homem "Olha aí no espelho, é por isso que eu te traio, porque você tá toda gorda e largada aí..." ele ia escutar de imediato um "Arreira aí a cueca. É por issozinho aí que eu tô não tô nem aí se estou gorda ou não"

Desculpa esfarrada, tolerância zero.

"O casal está passeando pelo shopping, e ela pede que ele lhe dê um biquíni de presente. Ele responde:
- Com esse corpo de máquina de lavar? Nem pensar!
Continuam caminhando, e ela insiste: - Bom, então compra um vestido para mim? Ele responde:
- Com esse corpo de máquina de lavar? Nem pensar!!
Passa o dia. À noite, já na cama, o marido vira para a esposa e pergunta:
- E aí, mulher? Vamos botar a máquina de lavar para funcionar ?
E a mulher, com ar de desprezo, responde:
- Para lavar só esse trapinho? Ah... Lava na mão mesmo queridinho... "

... ... ...

Primeiro dia do mantra: Saldo positivo!

E ainda estou em Cabo Frio! Dad foi me buscar!!

segunda-feira, agosto 21, 2006

Até o dia 7 de setembro terei emagrecido 5 quilos.

Ai de quem duvidar de mim ou rogar praga!

Até o dia 7 de setembro terei emagrecido 5 quilos.

São exatamente 17 dias para isso acontecer.

Até o dia 7 de setembro terei emagrecido 5 quilos.

Vou correr, andar de bike e ir na academia.

Não vou comer nada fora dos horários.

Não comerei nenhuma bobeira na rua.

Só comerei alimentos saudáveis. Chega de pão. Nem toddy. Nem comer besteira no sábado a noite.

Até dia 7 de setembro terei emagrecido 5 quilos.

5 quilos. Até dia 7 de setembro. É perfeitamente possível.

Não cederei à tentação do armário de biscoitos em Cabo Frio.

Ficarei mais linda e economizarei dinheiro.

E ficarei muito melhor nas fotos do feriado.

Até dia 7 de setembro terei emagrecido 5 quilos.

quinta-feira, agosto 17, 2006

Vocês, meus leitores fiéis, sabem ou ficarão sabendo agora, que eu não sou uma pessoa maternal.
Quando olham o meu orkut, meu flog, logo pensam que eu tenho cara de boneca e tal e logo rola aquele lance de acharem que eu sou meiga, delicada, boazinha. Tá, ei até sou meiga, delicada e boazinha, mas eu não sou nem um pouco maternal, então, não se choquem com o que eu vou falar agora.

Alguns de vocês já me ouviram falar que eu não curto crianças (Com exceção da minha prima Carol-lindáááááááá, a coisa mais gostosa que já nasceu nesse mundo e ngn vai consguir fazer igual, nem eu! Por isso nem quero tentar!), não tenho paciência e não pretendo isso na minha vida.

Mas eu sempre pensei que, seguindo o curso natural das coisas, e dependendo da pessoa que estivesse comigo, ou quanto eu amasse esse pessoa, isso até poderia - talvez, quem sabe, num dia longínquo onde eu serei convencida que pode de fato ser algo suportável - ter, vocês sabem, um filho aê...

Devido a isso eu sempre me perguntei o que eu ia odiar mais em ter um filho. Com toda essa discussão "manoelcarlesca" sobre Sindrome de Down, eu ainda acho, como sempre achei, que o pior mesmo seria insuportável, uma dor terrível no meu coração, se ele/ela não gostasse de ler. Ia ficar frustrada com isso. Pode ser egoísmo, mas ia mes-mo.

Agora mudei de idéia. O que eu não queria mesmo é ter um filho emo. Foda-se se você lendo é emo. Eu odeio essa racinha de gente sem personalidade que pinta o cabelo de preto, a cara de preto, usa umas cores berrantes misturadas com preto, escuta umas bandinhas tudo merdinha e igual, coloca um cabelinho chapinhex de ladinho, passa batom só no meio da boca e fica tirando onda de "ó, como sou diferente e original", sendo que na verdade esses bosta são tudo igual, todos se vestem igual, tiram fotos caras-e-bocas-em-ângulos-extremos iguais, tem um vocabulário babaca e igual (vide exemplo abaixo) e ainda por cima são tudo modinha que eu tenho fé, passará logo. Esses emo são tudo viado (rs...como diz minha irmã, emo é o contrário de "ome"), e mulher é tudo mal comida que queriam dar tudo, só pode. Tô sendo preconceituosa sim, mas é isso que eu acho. Se eu tivesse um filho emo ia encher ele de porrada pra ele tirar essas bosta de emo-lifestyle da cabeça.

Pior que tudo é que eles dominam tudo, hoje em dia não se pode usar um simples e clássico All Star que é coisa de emo! Como é que pode, um sapato que já existe há 20 anos, ser taxado assim! Absurdo!
A pessoa que vira emo fica uma debilóide, imbecil, e escreve coisas do tipo "sou uma xuxua...me axu phóda di vez in quandu...hhaaaaaaaa sei la eo sou normaw....tpo num sei responde??!!HAH.....DEXA DEPO P MIM....PLIXasdfasdfasdfasdf!!!!!hah....entran na comu q fzramh p mim .....plix.......bigadinha...bjx" no orkut, e se junta a massa de acéfalos que andam por aí. tsc tsctsc.

É por essas e outras que o que eu não queria é um filho emo.
(Mas... emo e que não goste de ler... putz, eu dou pra adoção!)

... ... ...

Fiquei em Nkt esse fds das minhas férias, mais um dia perdido! Oh God!

... ... ...

bjos!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

(Ó, primeiríssima fez que estou usando o logo oficial do pc! Antes tinha preguiça de colocar!)

Tema: Culinária. Como você se sai na cozinha: manda bem ou é um tremendo fracasso? Gosta de cozinhar ou cozinha só por obrigação? Inventa pratos complexos ou só arrisca um miojo ou ovo frito? O que mais gosta de fazer? E o que mais detesta? Por que?Deixe uma receita pra gente (pode ser salgado, doce ou até mesmo alguma bebida).

Modéstia à parte, essa dondoquinha que eu pareço ser a mior parte do tempo quando reclamo da sujeiro do 305 e como eu gostaria de voltar para casa em Cabo Frio, manda muuuuuito bem "pilotando um fogão".

Eu cozinho pacas. Nunca fiz algo intragável até hoje. Nem exagerei deliberadamente no sal, ou deixei o arroz queimar. 1 ùnica vez o telefone tocou no meio do preparo do macarrão e era o Digníssimo, que me fez esquecer de ir lá desligar o fogo e a massa grudou um pouco no fundo da panela. Nas o molho ficou uma di-li-ça. Consertei o problema rapidinho.

Eu amo cozinhar, gosto de inventar molhos, queria ter sempre tempo para fazer receitas complexas, mas o fato é que a eterna contençao de despesa dessa vida de universitária me impede de comprar os melhores ingredientes e a cozinha do 305 - desprovida de eletrodomésticos utilíssimos, de panelas adequadas, e de uma higiene melhor, me tiram um pouco a vontadede fazer as coisas... e tem um problema gravíssimo (tô cheia de superlativos hoje): Eu o-de-i-o lavar a louça. Do fundo do meu coração. É nojento! Claro que eu lavo, mesmo assim, mas tem que ver como eu sou uma dondoca fazendo isso, com minhas caras e bocas de ânsia de vômito. Ngn me merece!

O que eu faço de melhor são bolos. Eu faço bolos super gostosos e com tudo que tem direito: recheio, cobertura, confeitos, enfeitos, fica lindo e um pecado de tão gostoso!
E molhos. Acho que aprendi com a minha mãe, ela tb manda benzão nos molhos. Branco, vermelho, rosé, bolonhesa, madeira, mistura-do-que-tem-na-geladeira, agridoce, japonês... fica daqui, ó! Tudo com aquele exagero de ervas que eu coloco em tudo que como, mais umas das minhas compulsões, como diria a Aíssa. (Mas gente, vocês já colocaram shoyu, orégano e salsa desidratada no miojo? Arrasa!)

De receita eu vou deixar uma bebiba que eu já fiz é fica muito bom:

Frozen de frutas vermelhas.

Ingredientes:

6 pacotinhos de polpa de frutas vermelhas (morango, framboesa, cereja, amora e etc.)
4 copos de iogurte natural (pode ser desnatado ou não)
Açúcar a gosto (ou adoçante - um que possa ir ao forno - tb a gosto)
1 copo de cidra/champagne/vodca ice/schweppes citrus (opcional)


Modo de preparo:

Deixe o iogurte dessorando por 20 min. Depois, coloque numa vasilha e leve ao congelador por 3 horas. A bebida e a polpa devem ir para a geladeira. Após esse período, retire os ingredientes da geladeira e congelador, e coloque no liquidificador a polpa, o iogurte e o açúcar. bata até ficar com uma textura marmorizada, acrescentando a bebida aos poucos, se optar em colocá-la. (Eu não coloquei e ficou chuchu beleza) Vale tb misturar pedaços das frutas vermelhas, se estiver na época.
Sirva em taças, decore com folhas de hortelã. Dá 4 porções.

... ... ... ...

Eu tô de férias da facul, ou seja. continuo com os meus outros compromissos como se não tivesse férias e fico reclamando do excesso de tempo liovre em horários quebradíssimos.
Esse fds eu fui pra CF, vi o mar, vi minhas amigas, vi Harry Potter e fiquei feliz!

BJOS

quinta-feira, agosto 10, 2006

Hoje eu queria estar em casa, vendo ou um filme de Star Wars ou do Harry Potter (ai como dói mei coração ao pensar em Harry!), comendo pizza na mesa de centro da sala. Esses pequenos prazeres sempre ficam rodando na minha cabeça. Mas como nem sempre se pode ter o que quer eu me contentarei com uma sopinha vendo Páginas da vida. Antes tenho que terminar o trabalho de Linguística III, mas minha barrga já tá roncando e eu estou blogando.

Foi assim, sem sentido mesmo. Só queria externar minha vontade. Tchau.

domingo, agosto 06, 2006

Juliana, sua cabeça dura, você é um babaca.
Totally fucked up mind, that's what you got.
Desse jeito, antes de fazer 20 anos vai ficar doida.
Mas é doida mesmo, dessas que deliram.
Então, sua idiota, relax.
Relaxa, deixa rolar, para de se estressar com a vida e volta a postar aqui em mim.
Promete?

Beijo do seu Blog abandonado mas que sabe que você ainda o ama.

terça-feira, agosto 01, 2006

À pessoas que se perguntam qual o sentido da vida, eu digo: Só pode ser amar e ficar ao lado das pessoas que você ama até o seu último minuto, sua última batida do coração, sua última respiração. Porque sem elas, tudo perde o sentido.

Eu percebi isso no sábado quando um erro meu quase afastou pra sempre o meu namorado-lindo, eu percebo isso agora quando e não tenho nada pra fazer e tenho que ficar nesse 305 procurando ocupação. É diferente de estar em casa. Lá eu não fico pensando se tem de fato um motivo pra sair da cama. Aqui eu fico desesperada por saber que não vou vê-lo hoje, e sei que o dia não tem o menor sentido de ser assim. Por que não chega logo o amanhã? Eu estou feliz hoje só porque a minha mãe vai vir aqui (de passagem) ficar cmg.

Como vcs podem imaginar, não tem tanta ocupaçõ assim no 305. And I'm soooo sad...

Saudades dos meus amigos. Saudade que dói.

quarta-feira, julho 26, 2006

No sonho dessa noite a minha avó tinha se mudado para uma casa muito grande, meio que uma mistura da nossa casa no Rio, da casa da minha Bisa, meio velha e caindo aos pedaços, mas o que marcava mesmo era o tamanho. Mas no sonho isso era bom porque a minha avó tinha muitos móveis para arrumar (e eles eram misturas de todos os móveis que nossa familia já teve) e quanto mais cômodos, melhor eles se acomodariam. Só que Vovy não tinha o menor senso estético e os tinha disposto da pior forma possível, e eu dizia pra ela que eu ia rrumar tudo, que eu ia conseguir arrumar tudo da melhor maneira, que só eu ia conseguir fazer isso, mas aí eu pensava que pra isso eu ia ter que tirar tudo de todos os quartos pra colocar de novo, e aí ia pro quintal (que era mais um puxadinho velho de telha deamianto) e ficava pensando como que eu ia fazer isso. Foi ai que eu vi o sapo. O sapo era enorme, mas era inofensivo. Erum sapo meio verde meio azul, grande, e eu gritava pelo meu avô para ele vir matá-lo. Meu avô pegava aquele sapo que era enorme ficava do tamanho de uma perereca e ele jogava o sapo fora com uma folha de sei-lá-o-quê. Depois meu avô saía, o sapo ficava mior ainda e eu tentava matar ele com Raid Mata Barata - mas não deu muito certo...

Aqui eu encontrei o seguinte:

Moradia - Sua própria moradia: declarações falsas estão sendo feitas a seu respeito. Estar numa casa estranha: sua vida se acha em desordem.

Sapo - Medo de pessoas ou acontecimentos inofensivos

Na sequência eu sonhei que estava indo de ônibus pra um lugar de verdade que eu agora esqueci o nome, e era uma viagem muito longa.

Ônibus - Sucesso passageiro ou desejo de mudar de vida

Eu acho que o sonho só me disse os meus problemas, solução que é bom, nada.

... ... ...

Não, eu não passei no CNA, perdi no treinamento, não sei por quê e não quero falar sobre isso.

... ... ...

O pó que cobre o 305, que fica flutuando no ar, e pousando em todos os móveis, esse pó branco que invade mesmo a gente fechando tudo tudo, é pó de azulejo, é pó de obras que nunca acabam... Ah como eu queria que fosse de pirlimpimpim, e que não tivessem grades nas janelas, porque aí era só pensar em voltar pra casa e....

... ... ...

Não pretendo visitar ngn nos próximos dias, deixe comentário a seu próprio risco.
Talvez esse seja o último post daqui.

quarta-feira, julho 19, 2006

Nada sei dessa vida... (no ritmo da música do Kid Abelha)

Só sei que nada se confirma...

Que os professores agora lembraram que estão em semestre letivo e vão dar provas e trabalhos todos ao mesmo tempo...

Que no 305 nada mudou em relação às baratas e eu tô muito ocupada pra pesquisar preços de dedetizadoras já que ngn parece estar se importando com isso tb...

E que eu não tô com muito saco de escrever aqui. Só vim pra dar satisfação.

Bjos

sábado, julho 08, 2006

Mais um sábado, mais uma .... É, vc já até sabem o que...

Depois vocês dizem que eu sou neurótica e doida quando digo que baratas são muito seres ardilosos e extremamente espertos. Quero ver quando vocês toparem com uma barata se fingindo de morta no chão da cozinha de vocês. Porque a barata que eu encontrei essa manhã estava lá, aparentemente mortinha da silva quando eu acendi a luz da cozinha. Eu até pensei em deixá-la lá só para a Aíssa encontrá-la quando acordasse e eu não deixasse de ser a única pessoa no305 que vê essas criaturas. Ainda bem que eu não fiz isso, pq, como disse, ela estava apenas se fingindo de morta e provavelmente fugiria para um abrigo seguro quando eu partisse. na hora que eu fui recolhê-la com a pá ela percebeu o perigo de ser jogada pela janela e virou da posição de morta para sair fugindo correndo cozinha a fora! PASMEM! Mas a vassoura e os meus instintos ninjas assassinos foram mais rápido e ela encontrou seu merecido fim. ESSA HISTÓRIA É VERÍDICA, NÃO ACHEM QUE EU SOU ESCLEROSADA!!!

Triste fim de Juliana Corrêa

Esse fim de semana eu estou totalmente sozinha no 305. Todo mundo foi viajar e eu fiquei só e abandonada. Sozinha e mal amada (tô brincando!), mas é que o Digníssimo viajou também (Ty como sempre tem um perfect timming nessas horas – sempre viaja quando podemos ficar juntos sem impecilhos e quando nenhum de nós tem nada pra fazer!) e eu não tenho nenhuma distração para me livrar do tédio e da solidão! E, como vocês sabem, o 305 tem aquele problema de baratas e esse fds vai ser só eu e elas. Que medo. Será que elas estão conspirando para me atacar hoje a noite e na segunda tudo o que sobrará de mim é um cadáver putrefado e comido pelas baratas. Espero que não, seria um defecho deveras irônico para mim!


Sobre Marisa Monte:

Não que assim, eu curta muito. Mas a Aíssa curte.
E como ela tem o cd novo dela (Infinito Particular) e o rádio fica no banheiro mesmo (que, aliás, pode ser considerado o pólo tecnológico do 305, com rádio, caixinha de som do Oliver - pra encaixar no mp3 player e ouvir música também - falta só a tv mesmo, aposta que ela até deve pegar melhor lá dentro!) aliando esses fatores ao fato da minha case de cds estar com o meu namorado – que sempre herda as minhas artimanhas tecnológicas ultrapassadas quando são substituídas por novidades (cara de sorte, melhor que isso só irmão mais novo!) e monopoliza as minhas coisas quando eu empresto (se vc estiver lendo isso, é pra vc devolver as minhas pilhas recarregáveis e a minha case!!) e eu estar totalmente sem nada para ouvir, acabei colocando o cd pra tocar já que tava lá mesmo e gostando.
Pow, gostando pra caramba! Não sei se irira apreciar tudo dela, mas esse cd pós-maternidade (informação cultura inútil by Aíssa) que parece uma coletanea de cantigas de ninar é u-ma de-lí-ci-a! AMEI!

Em tempo:

Torça por mim porque eu ainda posso ser reprovada no treinamento do emprego, que é muito diferente do que eu jamais poderia imaginar! Vo ter que me apresentar na frente de 60 pessoas! Que mêda!

JÁ CHEGA POR HOJE, TENHO UM TRABALHO EM DUPLA QUE NGN MERECE PARA FAZER COM UM CARA QUE EU NÃO VOU MUITO COM A CARA. BJOS TCHAU

segunda-feira, julho 03, 2006

Dias chuvosos, baratas e UMA GRANDE NOVIDADE.

Calma, falarei sobre cada um do itens do título.

1º) Os dias estão assim, nem lá nem cá, um sol de figuração surgindo eventualmente, um frio do cão à noite, temporais e chuviscos, e eu sem casaco descente nessa Niterói glacial. Gosto do clima frio, a gente não sua e se veste com mais elegância, não fica derretendo com uma simples caminhada e sente o ar geladinho entrando pelo nariz, tomando consciência do ato que fazemos involuntariamente até o nosso fim.
É bom pra namorar, apesar de ser péssimo para lavar roupa, tomar banho de manhã, (tomar banho qq hora!), rim pra acordar, delícia pra dormir. Gosto muito do tempo assim. Só não me conformo com os dias ficarem cada vez menores. Sou amante apaixonada pelo horário de verão. Mas tudo bem, é dá pra aproveitar...

2º) Aê, é sacanagem, é uma rixa pessoal delas comigo, é de propósito, é inacreditável!!!! POR#!@§}!%$*&¬¢£²£KAAAA!!!! Assim não dá!! Que que acontece nesse 305? Não vem dizer que é a bagunça e a sujeira pq não é! Porque ele tá faxinadinho, com remédio em todos os cantos e arrumadinho e mesmo assim as FI°¬@$@#%*&*§º\LH²³¢¬²¬¢²³£²AAA das baratas continuam aparecendo! No banheiro, na cozinha, pow, ate em plena luz do dia, como hoje uma suicida ousou cruzar meu caminho pelas 14h da tarde! Quê qué êsso!! Pow gente, só detetizando mesmo! Lá se vai mais uma grana na manutenção desse apê!

3º) NOVIDADE: Acabei de passar na prova do CNA (curso de inglês) e o treinamento pra professor começa amanhã! Wish me luck, really good luck! TÔ MUITO FELIZ! Vcs tão sabendo em primeira mão , pq eu tenho q esperar até de noite pra ligar pra minha família!!

É ISSO!

Tem mais?

Bom, hoje acabei de ler o 4º livro do Dan Brown - escritor-do-Código-DaVinci-maluco-pirado-alucinado-que-só-pode-ter-fumado-maconha-enquanto-escrevia-e-delirou-viajou-na-batatinha-mas-mandou-benzão - "Ponto De Impacto", livro que eu dei de presente para o moradora mais loira do 305 (Lou-chiquinha-linda) e li nafrente dela, que está muito ocupada com os cálculos na facul de engenharia química, tadinha. Gostei desse presente! hahahaha!

E cada vez mais apaixonada pelo meu Digníssimo que de livre e espontânea vontade nos livrou de uma briga feia e certa que ia rolar no ano que vem!

AH! Tá bom, vc venceram, esse convite é irrecusável!! Eu VOU na festa junina dos blogueiros!! Depois alguém me manda as instruções e o que eu tenho q levar por aki, pq tá dificil ver email nesse Oliver.

TCHAU!

segunda-feira, junho 26, 2006

"Eu preciso dizer que te amo, te ganhar ou perder sem engano..."

"Tô com saudade de você debaixo do eu cobertoooor..."

"Entre por essa porta agora, e diga que me adora..."

"No dia em que fui mais feliz, vi um avião..."

Estatísticamente provado: Sempre que chove tocam essas mesmas músicas na Mb FM. Quase sempre consequitvamente, e quando isso acontecer, eu estarei dentro de um veículo morrendo de tristeza, e ficarei mais triste ainda.

Hoje foi no ônibus voltando de Alcântara. Sem comentários.

sábado, junho 24, 2006

A SAGA DO FIM DE SEMANA QUE PROMETE
(ser xôxo pra chuchu)

Todos os dias de Juliana deveriam ser dias de estrela hollywoodiana, pois ela é acordada diarimente pela música de abertura dos filmes da 20th Century Fox - toque que ela escolheu para ser o despertador de seu celular.

Mas não é o que ocorre. Com o soar da música irritante seu coração dispara no susto do repentino despertar e ela é tomada pelo desespero de cessar com o barulho o mais rápido possível. Hoje não foi diferente. Soado o hino dos infernos, ela apressou-se em silenciá-lo, e, com o coração querendo sair pela boca, sentou na cama, pensando em recuperar o ritmo cardíaco normal antes de levantar, para não arriscar cair no chão sozinha na escuridão de seu quarto às 6:20 da manhã - hora de levantar para seu curso de tradução do Senac.

Recuperada, levantou-se, acendeu a luz e arrumou logo a cama, pois sabia que se deixasse essa tarefa por último saíria de casa igualmente atrasada e deixaria a cama por fazer, contribuição enorme para a grande desordem que normalmente impera no quarto.

Abrindo a porta do quarto, dirigiu-se ao banheiro. A claridade vinda do aposento recém deixado iluminava o pequeno corredor e também uma pequena área do banheiro. Foi então que ela a viu. Assustada pela luz inesperada, a barata correu pelo rodapé branco do banheiro cor de rosa do 305. Surpresa e quase não acreditando em seus olhos, Juliana acende a luz do banheiro e confirma: Lá está ela, a barata. As duas se encaram e Juliana percebe que precisa tomar uma atitude imediata, e assim, corre na ponta dos pés até a àrea de serviço, em busca da vassoura, amaldiçoando suas companheiras de casa pela inútil economia barata de nunca comprar spray inseticida que, num momento como esse, a privaria a luta corporal com a criatura. Mas não há nada a fazer, somente apanhar a bendita vassoura e rumar de volta ao banheiro, com a ansiedade de quem parte para combate. Ela ainda estava lá, na espera paciente por seu destino. Uma raiva incontrolável brota no coração de Juliana, e ela mira sua arma na direção da inimiga, pronta para exterminá-la. Golpeia, e erra. A barata agora corre pelo chão preto do cômodo e Juliana pula em desespero por saber que o piso camufla o inseto. Após segundos de nervosismo, ela se acalma e foca seu olhar, encontrando novamente o alvo. Nova raiva a toma, e dessa vez não haverá erro. E de fato não há. No tiro certeiro, a barata é atingida uma, duas, três vezes. Quatro, para garantir sua morte. Cinco, assim não restarão dúvidas. O cadáver é recolhido com a pá de lixo e, novamente em silêncio - com a nítida preocuração em não acordar o casal que dorme na sala - Juliana caminha, pá estendita a frente do corpo, mantendo a maior distância entre ela e a criatura morta quase "em suas mãos". Ao chegar na área, não a coloca na lixeira. "Não" ela pensa. Baratas são serem muito ardilosos, seria melhor jogá-la pela janela, para garantir que ela não está apenas se fingindo de morta e esperando pela deixa para retornar, como um simples depósito na lixeira. Claro que Juliana sabe que isso não é politicamente correto. Mas ainda mais politicamente incorreto é uma barata no seu banheiro às 6 da matina, num prédio que fora detetizado há menos de 2 semanas. Mas, enfim, estava terminado. Aliviada, ela volta ao banheiro, pensando que o incidente até fora rápido, e ela não estava tão atrasada assim no planejamento.

Então, pela fresta da porta do banheiro, que ficara entreaberta, ela a viu. Uma onda de exasperação a envolveu. Era outra barata. Outra barata maior que a primeira. Uma outra barata, pousada sobre a porta do box. A mão de Juliana alcançou a vassoura - que displicentemente havia sido esquecida no corredor, e ela adrentrou o banheiro, armada, e alvejou o animal, com toda a sua força, jogando-a para dentro do box, batendo-a com vigor, achatando-a no chão. Fim. Tinha sido rápido, barulhento e extremamente doloroso para a barata, Juliana esperava. Não, Juliana não é uma menina cruel. Cruel é depara-se com uma barata inadvertidamente pousada na porta do box com uma pessoa que se prepara para tomar seu banho. Procede-se a seguir o novo despejo no cadáver pela janela no vão de respiração.

Esatava termido. Estaria? Juliana já não tinha certeza, e suas indagações se confirmaram. Uma terceira barata a encarava na porta do banheiro, Juliana a viu logo que se virou de frente para o caminho de volta ao banheiro. Totalmente enfurecida, com os instintos alerta e vassoura em punho, ela correu, dessa vez fazendo barulho mesmo - já não mais se importava como sono alheio - e dando um pulo, esmagou de uma só vez a criatura, e então, com a respiração e a pulsação acelerados, ela olhou a seu redor fuzilando com sua visão fervente todo o ambiente do 305. Se existissem mais baratas, elas teriam sido queimadas vivas de imediato com aquele olhar em chamas de ódio.

Mas dessa vez não havia outra. Não havia barata e nem tempo, e também nem vontade ou disposição para banho nenhum, nem para nenhum outro minuto no apartamento. Juliana se arrumou o mais rápido que pode e partiu, enfim, para a rua, para seu curso.

O ônibus já estava no ponto quando ela se dirigia e este e Juliana, com seu sapato se salto médio, corrreu, com as duas pastas quase escorregando das mão, a calça jeans larga caindo pela cintura e correndo o risco de torcer o pé, mas alcançou, enfim, o veículo. Subiu e passou na catraca, desajeitadamente sentando-se para pescar em sua bolsa as moedinhas que pagariam sua passagem e facilitaria o troco do cobrador. A boa ação não foi contabilizada na soma divina matinal, pois na hora de entregar o troco, tentando, ao mesmo tempo, segurar as pastas, a bolsa e a calça, faltou mão para segurar-se, e, com a arrancada no ônibus, Juliana caiu estatalada de bunda no chão. Com mais raiva e vergonha do que jamais sentira da vida, ela ergueu-se e caminhou com elegância ao banco alto da frente, onde sentou-se e pensou que essa história daria um ótimo post.

FIM (Eu acho...)

sexta-feira, junho 23, 2006

FIM DE SEMANA PROMETE

ser xôxo pra chuchu...


>>> Checklist <<<

( ) Curso do Senac no sábado
( ) Fichamento do texto do Vernant
( ) Fichamento do outro texto de Vernant
( ) Fichamento da "bíblia" sobre Roma Antiga de sei-lá-quem
( ) Procurar coisas legais pros meus aluninhos não me encherem o saco na próxima aula
( ) Estudar Inglês
( ) Estudar mais Inglês

* Impressão minha ou eu ainda não comecei nada disso?


( ) Namorar???
( ) Matar a vontade de comer ovo de codorna com molho tártaro???
( ) Ficar de bunda pro ar???

* Pow nem os itens mais fáceis eu fiz ainda!!!!

( x ) Despedir-me dos leitores - Tchau pra vcs! - e fazer um post ultra rápido.

segunda-feira, junho 19, 2006

And so, here I am...

Feriadin baum...

Sei lá, é sempre bom ir pra casa... É sempre bom MESMO. Tava lá me perguntando como que consigo sobreviver nesse 305, e hoje já me lembrei como que é (in)felizmente... É quieto e tenho que fazer sempre uma coisa de cada vez, ou o tempo demora mais a passar. É um exercicio de paciência e de força de vontade. Em casa não, tem sempre tantas mesmas-coisas para fazer, aquelas de sempre, mas que são sempre assim, tããão boas... aff... Que isso, saudades, já? Nhééé

Namoradolindo foi dessa vez e foi muito bom. Comemoramos dia 14 comendo pizza que a minha mãe fez e depois fomos no Rancho jogar totó como todas as vezes... rs... dias e noites deliciosas com ele, por sinal - apesar do Sol que apenas fazia figuração no céu e do vento gelaaaaaaado da brisa noturna.../

Vi todos os meus amigos, tirei fotos e no domingo rolou churrasquinho em homenagem ao jogo (Tive que deixar de lado meu protesto Anti-Copa por 90 min, mas já estou de volta a ele! Para os que não sabem, eu acho Copa uma perda de tempo/alienação/falta do que fazer/um saco e por isso não assisti ao 1º jogo da seleção que eu desprezo totalmente. Mas esse não teve como evitar, meus amigos gostam de perder tempo com essa ridicularidade alienada.) e foi muito legal tb.

Qui penin qui acabou-se...

... ... ...

Nota: Algumas pessoas deveriam ser imortais. Bussunda, por exemplo. Casseta e Planeta é um programinha besta, mas o cara - deve-se admitir - era bom. E deve estar muito engraçado lá em cima agora...

Nota 2: De volta à dieta... Como sempre, eu "overcomi" lá em casa.

... ... ...

Bye bye, so long...