domingo, janeiro 29, 2006

da Jackie... tô sem inspiração hoje...

1 - Qual é o seu maior sonho?
Nada muito filosófico: Ser Muito feliz e realizar todos os meus sonhos? Que tal?

2 - Onde gostaria de viver?
Pelo mundo, partir da minha base aqui no Brasil mesmo para as mais loucas viagens, sem data pra voltar. Particularmente adoraria viver na Nova Zelândia, Austrália e Londres.

3 - Se fosse alguém famoso, quem seria, e porque?
A Angelina Jolie - ou o Bono Vox: Lindos, Ricos, conscientes, generosos, ativos. Originais.

4 - Qual sua opinião sobre a TV e seus programas?
Alguns são muito bons, alguns são uma afronta à inteligência. Tv é pra distrair, não é pra viver dela.

5 - Qual o livro a levar a uma ilha deserta?
Algum que eu não tivesse lido ainda, pra eu saboriar ainda mais a sensação de novo, novidade, junto com ele. (Sim, livros são como pessoas pra mim.)

6 - O que te faz querer entrar no mundo blogueiro?
Eterna vontade de escrever, se conhecer gente, de alcançar o mundo pela palavra, de fazer novas amizades e de me expressar sempre, dessa maneira que me é tão fácil.

7 - Já conheceu algum blogueiro pessoalmente?
Nunca, mas isso vai mudar em pouco tempo!!

8 - Se fosse um animal, qual seria? E Porque?
Um golfinho, pela inteligência, e pela liberdade que eles tem. E por que vivem em sociedade pacífica e do meu ponto de vista, cheia de "amor".

9 - Qual a diferença de paixão, admiração e amor?
Pra mim, o Camões estava meio equivocado e deveria ter dito "Paixão é fogo que arde sem se ver / É ferida que dói e não se sente / É um contentamento descontente / É dor que desatina sem doer / É um não querer mais que bem querer / É solitário andar por entre a gente / É nunca contentar-se de contente / É cuidar que se ganha em se perder / É querer estar preso por vontade / É servir a quem vence, o vencedor / É ter com quem nos mata lealdade. (...)" Porque Paixão é assim, explosiva, arrebatadora...
Admiração é respeito, é aplauso, é desejar que a pessoa continue sempre assim e que você um dia seja como ela. Amor, se eu pudesse explicar exatamente, patenteava e ninguém mais ia poder usar a definição sem me pagar. Eu ia ficar rica. Amor... é amor. Sente-se, não se fica por aí dando pitaco na explicação.

10 - Como vc se vê daqui a dez anos?
10 anos mais velha. Hahaha... Estabilizada, independente. Casa própria, carro. Emprego bom, decente, justo. Amor na vida e no coração. Feliz.

11 - Do que vc tem saudade?
Da escola. Da irresponsabilidade da minha adolescência. De algumas amizades que se modificaram de jamais serão as mesmas. Da eterna despreocupação com o futuro. Do 3º ano do Ensino médio, pessoas, situações, experiências. De morar em CF mais do ue apenas 20% dos dias do ano.

12 - De que é feito o seu mundo?
De sorrisos, de amor, de união. De pessoas que amo, e odeio. Da eterna tentativa do equilíbrio. Da busca, por mais, mais do que eu já tenho. Mais amor, mais felicidade. Da minha Família, meu Amor, meus Amigos, minha CF, minha Nkt, meu Ruivo e meu Branco, minhas dietas malucas, meus livros, minhas músicas, meus filmes, meu inglês e meus sonhos, minhas fantasias. Minha vida e meu presente, aqui, agora.

*** *** ***

Nada mais pra dizer. BJos

sábado, janeiro 28, 2006



Sob o Sol da Toscana é um filme pelo qual eu não dei nada quando vi na locadora. Só apanhei porque era a única opção. Hoje, depois de assistir (na HBO) pela 4ª (ou seria 5ª?) vez, afirmo categoricamente: É maravilhoso! Dá até vontade de ir pra Itália agora e começar vida nova também. Ou será só o saco cheio que eu tô dessa vida de hoje?

Eu acho tão lindo quando ela responde pra amiga japa dela, que diz que não quer atrapalhar a vida amorosa dela: "- Você é a minha vida amorosa."

Putaquepariu que saudade das minhas amigas. Mas algumas coisas mudam... infelizmente...

(É, eu chorei quando vi dessa vez também...)



Tô aqui nesse tédio, cercada de comidas tentadoras, nem o Dave com seu maravilhoso In your Honor nem o Bono com o Live em Chicago (passando direto na tv, impressive!) estão me consolando muito ultimamente...

Tô lendo O Filho do Fogo, que a minha amiga crente-fanática me deu porque acha que eu vou pro inferno e esse livro pode me salvar. Até que não é muito enjoado, não. É legalzinho. Tem que rir disso, ficou tão explícito quando ela disse que ia ser bom pra mim. Será que eu tenho mesmo jeito de quem vai para o lado negro da Força? Ela também me disse que ficou feliz quando soube que um dos meus colegas era da Igreja dela, ela o viu lá. Nossa, como se metade da minha família já não fosse de evangélicos, e isso nunca afetou o fato do meu interesse cair inevitavelmente nas crenças pagãs... Eu não tenho nada contra essa religião dela em específico, muito pelo contrário, respeito muito, mas tem gente que perde a noção. Nem sei porque estou falando isso, hum... sei sim, é pelo fato de que esse fanatismo impedirá pra sempre de que seja a mesma coisa, como já tem feito...

E é por isso que eu chorei quando vi esse filme hoje.

quinta-feira, janeiro 26, 2006

POST COMUNITÁRIO - ORIGINALE DO BRASIL by Micha

TEMA: Academia: necessidade ou tendência ao masoquismo? Você freqüenta academia? O que mais gosta? E o que menos curte? O que você acharia de freqüentar uma academia só para mulheres? (para mulheres essa pergunta). Freqüentar academia entrou nos seus planos de ano novo?

Parece que esse post foi feito pra mim! Então vamos lá.

Desde a minha pré-adolescência, ou seja, desde que eu me entendo por gente, eu tenho esse relacionamento cnturbado com a balança. Se hoje eu sou uma gorduchinha simpática, acreditem: eu já fui uma criança obesa. Fiz tratamento e tudo, reeducação alimentar, sofri, penei, e é claro, saí da faixa de obesidade perigosa/doentia. Mas nada é perfeito. Eu nunca estive "no peso ideal" ou seja, passei muitos anos entrando e saindo de academia, tentando alcançar essa marca.

Atualmente engrenei de novo na empreitada de emagracer, mas dessa fez não entrei na academia. Ou seja, a resposta pra a segunda pergunta é não. Por quê? Várias pessoas até já fizeram essa sugestão nos comentários, mas eu ainda não tomei atitude nenhuma. Eu não frequento academia porque não tenho tempo, mais ainda do que não tenho saco. Frequentando por diversos períodos o ambiente, eu cheguei a conclusão que não há nada contra ele em si, da minha parte. Eu até gostava. gostava da sensação de disciplina que eu tinha quando ia. Gostava porque, como eu aprendi em Legalmente Loira (Comédia besteirol americano também é cultura): "Exercícios liberam endorfinas, e endorfinas fazem a gente feliz." É o hormônio da felicidade. Gostava porque ficavam pensando na vida, e, na época que malhava com as amigas, falava até morrer, o que é indubitavelmente o meu esporte preferido. Não sei se malharia num academia feminina. Acho um pouco preconceituosa essa divisão. Eu sempre tive mais afinidade em fazer amizade com os caras e sei perfeitamente que eles estão muito mais interessados em reparar se o bíceps do amigo "puxa-ferro" aumentou mais que os seus do que se vc tá feia ou não naquela calça vermelha. quem repara nessas coisas é amulher mesmo. E eu tô escolada em ratas de academia. A maioria não presta, fica aquela panelinha e as vezes um clima infantil de competição, a coisa mais insensata do mundo. Humanos são estranhos.

Claro que quando pensei "Esse ano vai, vou emagrecer", a primeira coisa ue passou na cabeça foi fazer dieta e entrar pra academia. Mas não entrei não e acho que nem vou entrar. Ser saudável, mais do que ser sarada é altamente importante, é necessidade sim, só que pra ser saudável eu posso andar na praia, pular corda, ir nadar, não preciso ter que me arrumar pra ir pra academia, posso fazer exercícios sem pagar, até porque com essa vida de universitária federal que eu levo, com greves, paralisações, e essa vida de estrada, indo e vindo de Cabo Frio, ia ser um contratempo pagar e não poder ir, ou ter que ficar aqui porque estou pagando pra ir. Já enjoei dessa história.

Malhar é bom, é sim. Se tivesse academia aqui no prédio eu malhava bonito. Mas pra academia eu não sei se irira mais não. A resposta à pergunta do tema pra mim é que se aproxima muito mais de um masoquismo do que de uma necessidade.

*** *** ***

Hoje estou em CF. Meu pai comprou um carro novo!!! Quer dizer, trocou o velho. Já vim nele ontem , de carona. É um Corsa Sedan Classic, azul escuro, quase preto, lindooo...

No further comments, bye

quarta-feira, janeiro 25, 2006

Muito mais nada pra fazer esses dias, eu aqui no 305 só curtindo o calor e o namorado-perfeito.

Ontem parti pro ataque, deixei meu currículo no IBA, no WIZARD, no IBEU e no LEMEC. No CCAA já tinha deixado e devo deixar amanhã em mais dois ou três lugares aqui em Icaraí mesmo. depois começo a partir pra outros bairros. O fato é que realmente espero ser chamada pra qualquer um desses cursos, quero muito trabalhar, tá chegando a hora de assumir o controle (ainda que parcial) da minha vida. Quero trabalhar, me desejem sorte. Ou me contratem!

A dieta está indo bem. Não devorei nada em nenhum momento de desespero, só tomei chá. Amanhã estarei indo para Cabo Frio, enfim, e lá passarei a caminhar de manhã. pq aqui em NKT, sinceramente, não tenho saco. É muita gente nessa calçada de Icaraí, vc não sabe se é caminhada ou treinamento para desvio de obstáculos.

*** *** ***

Sobre o Encontro das Blogueiras: Ni, no 7 Grill? Você quer acabar com a minha dieta? CLAROOOOOO QUE VOU! Se é pra comer, como direito porra, engordo com prazer!!! Mas depende do dia, estarei de volta em Nkt só depois do dia 6, por causa da viagem à Paraty! Espera?? Hein, hein?

*** *** ***

Sabem... apesar de tudo, das brigas, desentendimentos, conflito de gênios e ciumeira (dele), o meu namoro é muito bom mesmo. Acho que poucas pessoas têm um relacionamento legal de "amorzade", cumplicidade, intimidade e lealdade como eu. Pow, não tem assim um motivo especial para eu estar falando isso, só porque deu na telha mesmo, e porque se não fosse o Digníssimo meus dias estariam meio ou totalmente perdidos esse ano de 2006, que promete ser ótimo, mas começou bagunçaaaaado...
Bom, vou parar por aui antes que esse açucar todo me engorde...

BJOs

domingo, janeiro 22, 2006

Impacto profundo foi o primeiro filme que me fez chorar.

Também, no dia desse fatídico acontecimento, não tinha como isso não acontecer, o filme é um coquetel molotóv para corações sensíveis de pré-adolescentes apaixonadas, bobas, rejeitadas pelo prícipe encantado e fãs do Elijah Wood como eu era.

Hoje passou na Globo de novo. É, pela 25468565498ª vez. Agora me explica:

PORRA, PORQUE QUE EU AINDA (SEMPRE) CHORO (E MUITO) NO FINAL???????

Somethings never change...

(E, me digam se não é verdade: O Morgan Freeman não é o melhor presidente que os EUA poderiam ter? Ele é perfeito pro papel! hehe)

*** *** ***

Domingo solitário - por opção. Namorado lá num churrasco do tio dele. Fui não. Tô muito afim de manter a minha dieta e também é muito mais fácil rejeitar o programão (de índio?) quando o pronome possessivo é de terceira pessoa. De tardinha ele volta pra curtir o 305 no meu quarto com ar condicional e tv (recém transferida da sala, como nnca pensei nisso antes?). Aí o Domingo começa.

*** *** ***

Lembra que eu ia falar alguma coisa no último post que esqueci? Agora lembrei. Era da dieta. A dieta mirabolante que eu estou fazendo: Dieta dos chás. Comecei na terça (porque na segunda nunca funciona mesmo), e esto seguindo tranquilamente. É assim: Come pouco, pra variar, ou não seria dieta. Mas antes de todas as refeições tem que tomar o tal chá, que é uma combinação milagrosa que você mesmo escolhe. No meu tem: Hortelã, Camomila, Capim Limão, Chá-Verde, Alfafa e Cavalinha. Se funciona? Bom, eu não engordei nada, também ainda não emagreci. Mas até que o chá tem gosto bom e me deixa sem aquela fome-absurda que me possui. Não é difícil de fazer e até que eu estou bem empenhada. Quero emagrecer 2kg antes de Paraty. Wish me luck!

>> Ah, mais informações para quem se interessar por esta dieta e muitas mais opções sobre o tema no site da Revista Nova.

*** *** ***

Bom restinho de fds pra vcs.

sexta-feira, janeiro 20, 2006

Sempre imaginei como seria engraçado se eu fosse homem por um dia. Ou uns dias. Definitivamente, se eu tivesse um pênis eu ia me divertir. Ter aquele negócio que eu só posso chamar de engraçado entre as pernas por um tempinho deve render umas boas risadas. Eu amo ser mulher, claro, jamais mudaria de sexo se pudesse de fato escolher, mas, na posição de (que seja) admiradora do sexo oposto, eu penso que fazer uma rápida viagem pelo corpo masculino ia ser o máximo pra mim. O que eu eu ia fazer com um pênis?

Nossa, primeiro de tudo, xixi em pé! Genial, claro...Imagina nunca te que me preocupar se o vaso tá sujo, não ter que ficar me equilibrando entre bolsa, vaso, roupas arriadas e pouquíssimo espaço nos banheiro da vida? U-A-U. Acho que eu ia aproveitar até pra fazer desenhozinhos de xixi se eu tivesse que tirar a águq do joelho em frente a umaparede (O que acho particularmente porcaria, mas pow! Eu só ia ter pênis por um tempinho, ia ter que passar por essa experiência siiiiim!!).

E depois, andar sem blusa! Com esse calor que faz aqui em nkt, ai quem me dera... Usar só sunga na praia, o que definitivamebte acabaria com os meus problemas em relação a roupa de praia. (Não, eu não achei o bíquini ainda, e estou seriamente pensando em comprar uma sunga e fazer topless msm.) Sungas são - parecem ser - muito mais comfortáveis e as estampas são muito mais criativas do que de roupas de banho femininas!

Também ia ficar satisfeita em não ter que depilar toda hora. Claro, mesmo sendo mulher eu posso fazer isso. Mas fica o Ó! Homem não tem esses grilos...

E, pra finalizar com grande estilo um dia de homem, eu ia com certeza querer fazer aquilo que aparentemente está 99,9% na cabeça deles: sexo! Quê êssooo, eu ia descobrir exatamente o que eles sentem, se é melhor ou não, se é de fato mais fácil ou não, como que é ter uma ereção, se camisinha tira mesmo muuuito mais da graça pra eles e por aí vai. Se bem que eu ia achar essa situação tão engraçada que talvez morresse de rir e brochasse na hora. Não importa, brochar é outra experiência que eu também experimentaria na boa. (Mas essa parte eu só faria se o Dignissímo trocasse de lugar prum corpo de mulher, porque eu ia ser um cara comportado, fiel e não ia galinhar atrás disso, não. Galinhar é muito feio...hahaha...)

E, então, ontem, quando eu fui ver "Se eu fosse você", o novo filme nacional, com Glória Pires e Tony Ramos, eu lavei a alma de rir com eles da doidera pela qual eu nunca vou passar...o filme é muito bom, hilário e meigo! Adoro sair do cinema com aquela sensação de "poxa, valeu a pena", e isso aconteceu ontem. O cinema naconal tem das suas pérolas, e esse é uma delas. Podem ir ver no lugar mais próximo de casa que eu já aprovei e recomendo.

*** *** ***

A outra coisa que eu ia falara é o que são gongôlos afinal. É isso aqui ó:

Viram? Tipo uma minhoquinha com perninhas que se enrola toda quando a gente cutuca. Como disse Bill, também são conhecidos como piolho-de-cobra. Várias pessoas perguntaram o que era o citado bichinho, e eu até me surpreendi da anonimidade de tal. Ele ne é muito feio não, só é um tanto quanto incoveniente.



*** *** ***

Tinha outra coisa pra falar, mas agora não me lembro. Fica pra próxima vez. Bjos!

quarta-feira, janeiro 18, 2006

Em Niterói desde ontem. Usando o pc do boy right now, porque Oliver sucks. Fazendo porra nenhuma, só hora pra ir na aula da facul. Ah, o Ty disse que eu tô namorando com ele, e não fazendo nada. Pausa pra beijo.

Voltei. Hehe. Nada pra dizer, o 305 tá "A sujeira" e não vem que eu não vo limpar mais do que eu vá usar. (Ou seja, já limpei a pia e uma parte do banheiro de graça.)

Amanhã vou no centro ver se acho um bíquini. Esse já é o terceiro verão que eu não consiga achar um que me agrade! Vacilo.

*** *** ***

E aí, Ni, Pris, Micha, vai rolar ou não o encontro?

*** *** ***

Roubei da Pris!!

- O que você mudaria em sua vida, se soubesse que lhe restariam apenas 6 meses para viver?
Aproveitaria pra fazer todas as coisas que não fiz ainda,pularia de pára-quedas, bung-jump, essas doideras, saíria pra noite pra zuar e tomar o meu primeiro porre (não tive esse provilégio/incidente), parava de me preocupar com essas babaquices de aparência, comia muito chocolate e grudava no meu namorado (mais ainda!!) e nos meus amigos, tentaria ler tudo o que desse, ver todos os filmes que pudesse, enfim, ia tentar absorver tudo!!

- Com quem, se pudesse escolher, você gostaria de viver nesse mundo?
Com o Digníssimooooooooooooooo!!!!!!! (dããã "ó-bi-ve-o")

- Onde voce gostaria de viver, se pudesse escolher um lugar no mundo?
Eu nunca moraria no mesmo lugar mais de 1 ano. Saía por aí escolhendo o me me desse na telha.

- O quanto e quando voce comeria, se não tivesse hora de refeição?
TUDO. Todo dia ia ter comida japonesa, italiana, árabe, batata-frita e todos os tipos de doce e chocolate que existem!!!!

- O que voce faria, se não houvesse dinheiro? (simplesmente se permita imaginar, fazendo qualquer coisa que gostaria)
Sairia numa viagem pelo mundo, conheceria todos os meus lugares preferidos com a companhia do namorado e de todo mundo que quisesse ir junto.

-Que idade teria voce, se não soubesse que idade tem?
Uns 20 anos, mais ou menos a minha idade mesmo.

-Que tipo de personalidade escolheria, se estivesse recomeçando sua vida hoje?
A minha!!!!!!! Quer melhor???????

- De que modo você se descreveria, se não pudesse usar rótulos ou etiqueta alguma? Já tá no perfil. E é o nome do blog.

*** *** ***

That's it. Vou agarrar o meu namorado agora. Tchau.

sexta-feira, janeiro 13, 2006

Gongôlos

Eu não tenho medo deles. Nem nojo. Mas eles são irritantes! POXA... aqui em casa está com uma infestação, uma praga de gongôlos. Tem que é pra todo lado, todos os cômodos, até no banheiro eles chegam, invadindo tudo sem o menor respeito, a qualquer hora!!! De noite, então! Querem dormir aqui dentro, se desse mole eles até subiam na cama, crente que são puddle de madame! Enche o saco!! Toda hora, fica um senta-e-levanta pra chutar os bichinhos pra fora sem fim!
Me lembro que logo que a gente se mudou pra essa casa, há 7 anos, era caracol. Uma praga de caracol subindo pelas paredes que dava ódio. Mas eles pelo menos se contentavam com o quintal! Os gongôlos querem entrar, e isso é abuso demais! Afinal, eles são umas minhocas evoluídas, insetos, bicho, e lugar de bicho é do lado de fora! O que será que se desequilibrou no ecosistema aqui de casa que permitiu a explosão demográfica dessas criaturinhas? E, pelo amor de Deus, que remédio que se usa pra acabar com eles???

Papelaria

Uma das coisas mais chatas de sair do colégio é que não dá mais comprar material escolar... todo ano, ir na papelaria, escolher canetinhas, lapís de cor, cartolinas, cadernos, fichário, canetas e o caralho à quatro... Ainda mais agora, que a cada ano tem mais variedade, mais opções...
Eu só comprei esse ano uma agenda - pq é extremamente útil e necessário - e um caderno (e foi só pelos adesivos, eu admito, mas vou dar um fim útil pra ele tb!). Tá, podem me chamar de criancinha agora! Mas eu tenho uma necessidade de papel, de artigos de papelaria obssessiva! Devo ter tido um trauma na outra vida, sei lá... Só sei que essa época de volta às aulas me deixa tristinha...


Paraty

Eu vou pra Paraty! Com meus pais, talvez a minha irmã (que tá fazendo cú doce de ir) e meu namoradooooo! Que chique! Na primeira semana de fevereiro! Urrul!!!!!!!!!

Digníssimo

Saudades do namorado é prejudicial á saúde mental. Tô ficando doida!

Enough

For today.

quarta-feira, janeiro 11, 2006

...
....Todas las palabras que dijimos
... y los besos que nos dimos
... como siempre
... hoy estoy pensando en Ty...
.......................(Sombra de ti - Shakira)

segunda-feira, janeiro 09, 2006

Rs...

Eu tô me divertindo com o meu novo aparelho de celular...

Depois de muitos anos com o humildee Nokia 1220 - meu celular tão querido, tombado, arranhado e com bateria fraca, que foi sempre fiel e hoje cumpre sua aposentadoria com a função simples de relógio e despertador, a qual o dá um lugar de prestígio lá na mesa de centro da sala, junto aos controles remotos da tv, do dvd, do dvd recorder, do vídeo cassete e do home theater, a "nata eletrônica" da casa (realização de todos os delírios tecnológicos do meu pai) - agora estou com um Samsung X480... que é MUITO LEGAL!!

E sabe qual é a melhor parte??? Dá pra baixar um milhão de toques diferentes e agora o meu novo vício é catar os hits polifônicos mais legais - e mais baratos, ou grátis - pra baixar ...

Já tenho vários:
A Abertura do Fantasma da Ópera é o toque do Ty...
A Abertura de Star Wars + a marcha do Darth Vader é pra minha família...
A músiquinha da Sailor Moon é pras minhas amigas...
A do Donkey Kong pra Super Nintendo é pros amigos...
A do Zelda, tb para S.N. é o meu despertador/alarme...

Vou baixar hoje a noite a abertura de filmes da 20th Century Fox, o "Uh-Oh" do Icq, o tema do Harry Potter e os do Senhor dos Anéis, do Happy Tree Friends e umas musiquinhas tb...

Agora é só alguém me ligar!!!

Shit, essa é a parte difícil!!!!

sexta-feira, janeiro 06, 2006

Eu amo tudo o que foi,
Tudo o que já não é,
A dor que já me não dói,
A antiga e errônea fé,
O ontem que dor deixou,
O que deixou alegria,
Só porque foi, e voou
E hoje é já outro dia.

(Fernando Pessoa)

E HOJE JÁ É UM OUTRO DIA!!!!!!

Para falar a verdade, hoje já é quase uma semana, é praticamente quase a primeira semana desse ano novo...

E esse 2006 será que já está mostrando a que veio? Será que essa primeira impressão totalmente positiva e maravilhosa do que poderão ser esses próximos 365 dias podem ser se provará real????

Porque essa primeira semana, senhoras e senhores prezados leitores desse blog, foi SEN-SA-CI-O-NAL.

O Ano Novo, a primeira madrugada foi perfeita. Eu, do topo de meus 19 anos consegui algo impressionante dos meus pais superprotetores: Pude ficar na praia até a hora que quisesse voltar. E claro que isso significou ver o sol nascer ao lado do meu amor e meus amigos - pela primeira vez na vida...

Depois teve o aniversário do meu pai e no dia seguinte fui pra Nkt, razão pela qual não apareci antes, aliás - eu queria estrear o ano num computador bom, não no Oliver... hehe...

E então foram dias maravilhosos lá também. Ah, claro, eu tive a aula que afinal, foi a "razão" de eu ter ido pra lá. Mas antes - e depois - tive a companhia incrível do meu Digníssimo Namorado, que sinceramente, gente... Se supera a cada dia. Eu não gosto de ser muito melosa - especialmente aqui, não gosto de obrigar ngn a ingerir tanto açúcar assim, rs* - mas hoje eu simplesmente tenho que dizer: Todo dia eu tenho mais certeza que achei o meu "príncipe encantado"... não é possível que exista alguém mais feliz e apaixonada do que eu... nhóóóóóóó :P

Agora estou de volta em CF, o amado viajou para MG pra ver a família, o tempo tá chovendo e na tv está passando um monte de filme repetido... Acabei de assistir "Da magia à Sedução" pela milhionésima vez...

Mas nada consegue me tirar o sorrizo da cara... E a sensação de que está tudo bem, e PER-FEI-TO!!!

Bjos para todos!!!!