quarta-feira, julho 26, 2006

No sonho dessa noite a minha avó tinha se mudado para uma casa muito grande, meio que uma mistura da nossa casa no Rio, da casa da minha Bisa, meio velha e caindo aos pedaços, mas o que marcava mesmo era o tamanho. Mas no sonho isso era bom porque a minha avó tinha muitos móveis para arrumar (e eles eram misturas de todos os móveis que nossa familia já teve) e quanto mais cômodos, melhor eles se acomodariam. Só que Vovy não tinha o menor senso estético e os tinha disposto da pior forma possível, e eu dizia pra ela que eu ia rrumar tudo, que eu ia conseguir arrumar tudo da melhor maneira, que só eu ia conseguir fazer isso, mas aí eu pensava que pra isso eu ia ter que tirar tudo de todos os quartos pra colocar de novo, e aí ia pro quintal (que era mais um puxadinho velho de telha deamianto) e ficava pensando como que eu ia fazer isso. Foi ai que eu vi o sapo. O sapo era enorme, mas era inofensivo. Erum sapo meio verde meio azul, grande, e eu gritava pelo meu avô para ele vir matá-lo. Meu avô pegava aquele sapo que era enorme ficava do tamanho de uma perereca e ele jogava o sapo fora com uma folha de sei-lá-o-quê. Depois meu avô saía, o sapo ficava mior ainda e eu tentava matar ele com Raid Mata Barata - mas não deu muito certo...

Aqui eu encontrei o seguinte:

Moradia - Sua própria moradia: declarações falsas estão sendo feitas a seu respeito. Estar numa casa estranha: sua vida se acha em desordem.

Sapo - Medo de pessoas ou acontecimentos inofensivos

Na sequência eu sonhei que estava indo de ônibus pra um lugar de verdade que eu agora esqueci o nome, e era uma viagem muito longa.

Ônibus - Sucesso passageiro ou desejo de mudar de vida

Eu acho que o sonho só me disse os meus problemas, solução que é bom, nada.

... ... ...

Não, eu não passei no CNA, perdi no treinamento, não sei por quê e não quero falar sobre isso.

... ... ...

O pó que cobre o 305, que fica flutuando no ar, e pousando em todos os móveis, esse pó branco que invade mesmo a gente fechando tudo tudo, é pó de azulejo, é pó de obras que nunca acabam... Ah como eu queria que fosse de pirlimpimpim, e que não tivessem grades nas janelas, porque aí era só pensar em voltar pra casa e....

... ... ...

Não pretendo visitar ngn nos próximos dias, deixe comentário a seu próprio risco.
Talvez esse seja o último post daqui.

quarta-feira, julho 19, 2006

Nada sei dessa vida... (no ritmo da música do Kid Abelha)

Só sei que nada se confirma...

Que os professores agora lembraram que estão em semestre letivo e vão dar provas e trabalhos todos ao mesmo tempo...

Que no 305 nada mudou em relação às baratas e eu tô muito ocupada pra pesquisar preços de dedetizadoras já que ngn parece estar se importando com isso tb...

E que eu não tô com muito saco de escrever aqui. Só vim pra dar satisfação.

Bjos

sábado, julho 08, 2006

Mais um sábado, mais uma .... É, vc já até sabem o que...

Depois vocês dizem que eu sou neurótica e doida quando digo que baratas são muito seres ardilosos e extremamente espertos. Quero ver quando vocês toparem com uma barata se fingindo de morta no chão da cozinha de vocês. Porque a barata que eu encontrei essa manhã estava lá, aparentemente mortinha da silva quando eu acendi a luz da cozinha. Eu até pensei em deixá-la lá só para a Aíssa encontrá-la quando acordasse e eu não deixasse de ser a única pessoa no305 que vê essas criaturas. Ainda bem que eu não fiz isso, pq, como disse, ela estava apenas se fingindo de morta e provavelmente fugiria para um abrigo seguro quando eu partisse. na hora que eu fui recolhê-la com a pá ela percebeu o perigo de ser jogada pela janela e virou da posição de morta para sair fugindo correndo cozinha a fora! PASMEM! Mas a vassoura e os meus instintos ninjas assassinos foram mais rápido e ela encontrou seu merecido fim. ESSA HISTÓRIA É VERÍDICA, NÃO ACHEM QUE EU SOU ESCLEROSADA!!!

Triste fim de Juliana Corrêa

Esse fim de semana eu estou totalmente sozinha no 305. Todo mundo foi viajar e eu fiquei só e abandonada. Sozinha e mal amada (tô brincando!), mas é que o Digníssimo viajou também (Ty como sempre tem um perfect timming nessas horas – sempre viaja quando podemos ficar juntos sem impecilhos e quando nenhum de nós tem nada pra fazer!) e eu não tenho nenhuma distração para me livrar do tédio e da solidão! E, como vocês sabem, o 305 tem aquele problema de baratas e esse fds vai ser só eu e elas. Que medo. Será que elas estão conspirando para me atacar hoje a noite e na segunda tudo o que sobrará de mim é um cadáver putrefado e comido pelas baratas. Espero que não, seria um defecho deveras irônico para mim!


Sobre Marisa Monte:

Não que assim, eu curta muito. Mas a Aíssa curte.
E como ela tem o cd novo dela (Infinito Particular) e o rádio fica no banheiro mesmo (que, aliás, pode ser considerado o pólo tecnológico do 305, com rádio, caixinha de som do Oliver - pra encaixar no mp3 player e ouvir música também - falta só a tv mesmo, aposta que ela até deve pegar melhor lá dentro!) aliando esses fatores ao fato da minha case de cds estar com o meu namorado – que sempre herda as minhas artimanhas tecnológicas ultrapassadas quando são substituídas por novidades (cara de sorte, melhor que isso só irmão mais novo!) e monopoliza as minhas coisas quando eu empresto (se vc estiver lendo isso, é pra vc devolver as minhas pilhas recarregáveis e a minha case!!) e eu estar totalmente sem nada para ouvir, acabei colocando o cd pra tocar já que tava lá mesmo e gostando.
Pow, gostando pra caramba! Não sei se irira apreciar tudo dela, mas esse cd pós-maternidade (informação cultura inútil by Aíssa) que parece uma coletanea de cantigas de ninar é u-ma de-lí-ci-a! AMEI!

Em tempo:

Torça por mim porque eu ainda posso ser reprovada no treinamento do emprego, que é muito diferente do que eu jamais poderia imaginar! Vo ter que me apresentar na frente de 60 pessoas! Que mêda!

JÁ CHEGA POR HOJE, TENHO UM TRABALHO EM DUPLA QUE NGN MERECE PARA FAZER COM UM CARA QUE EU NÃO VOU MUITO COM A CARA. BJOS TCHAU

segunda-feira, julho 03, 2006

Dias chuvosos, baratas e UMA GRANDE NOVIDADE.

Calma, falarei sobre cada um do itens do título.

1º) Os dias estão assim, nem lá nem cá, um sol de figuração surgindo eventualmente, um frio do cão à noite, temporais e chuviscos, e eu sem casaco descente nessa Niterói glacial. Gosto do clima frio, a gente não sua e se veste com mais elegância, não fica derretendo com uma simples caminhada e sente o ar geladinho entrando pelo nariz, tomando consciência do ato que fazemos involuntariamente até o nosso fim.
É bom pra namorar, apesar de ser péssimo para lavar roupa, tomar banho de manhã, (tomar banho qq hora!), rim pra acordar, delícia pra dormir. Gosto muito do tempo assim. Só não me conformo com os dias ficarem cada vez menores. Sou amante apaixonada pelo horário de verão. Mas tudo bem, é dá pra aproveitar...

2º) Aê, é sacanagem, é uma rixa pessoal delas comigo, é de propósito, é inacreditável!!!! POR#!@§}!%$*&¬¢£²£KAAAA!!!! Assim não dá!! Que que acontece nesse 305? Não vem dizer que é a bagunça e a sujeira pq não é! Porque ele tá faxinadinho, com remédio em todos os cantos e arrumadinho e mesmo assim as FI°¬@$@#%*&*§º\LH²³¢¬²¬¢²³£²AAA das baratas continuam aparecendo! No banheiro, na cozinha, pow, ate em plena luz do dia, como hoje uma suicida ousou cruzar meu caminho pelas 14h da tarde! Quê qué êsso!! Pow gente, só detetizando mesmo! Lá se vai mais uma grana na manutenção desse apê!

3º) NOVIDADE: Acabei de passar na prova do CNA (curso de inglês) e o treinamento pra professor começa amanhã! Wish me luck, really good luck! TÔ MUITO FELIZ! Vcs tão sabendo em primeira mão , pq eu tenho q esperar até de noite pra ligar pra minha família!!

É ISSO!

Tem mais?

Bom, hoje acabei de ler o 4º livro do Dan Brown - escritor-do-Código-DaVinci-maluco-pirado-alucinado-que-só-pode-ter-fumado-maconha-enquanto-escrevia-e-delirou-viajou-na-batatinha-mas-mandou-benzão - "Ponto De Impacto", livro que eu dei de presente para o moradora mais loira do 305 (Lou-chiquinha-linda) e li nafrente dela, que está muito ocupada com os cálculos na facul de engenharia química, tadinha. Gostei desse presente! hahahaha!

E cada vez mais apaixonada pelo meu Digníssimo que de livre e espontânea vontade nos livrou de uma briga feia e certa que ia rolar no ano que vem!

AH! Tá bom, vc venceram, esse convite é irrecusável!! Eu VOU na festa junina dos blogueiros!! Depois alguém me manda as instruções e o que eu tenho q levar por aki, pq tá dificil ver email nesse Oliver.

TCHAU!