sábado, setembro 30, 2006

TÔ AQUI
...(provisoriamente)
.
No dia seguinte ao último post, Oliver retornou ao estado de coma, dessa vez mais profundo, e nele se encontra até o presente momento.
E eu? Enrolada, ferrada, mergulhada em desgraça, cheia de coisas para fazer atrasadas, tudo por causa desse meu pc senil. Meu blog fez 1 aninho de vida semana passada e nem pude comemorar aqui com vocês!!
E o que eu tenho feito? Passado por uma fase muito difícil. Sabem como é, o tal do inferno astral. Ou pelo menos eu espero que seja... Se bem que deve ser mesmo, porque agora que está quase chegando o dia, está começando a melhorar...
E então? Nada, ué. O Oliver eu não sei quando fica bom, e só fico em CF provisoriamente em função das eleições, segunda retorno ao 305...
Vou tentar visitar todos vocês, mas tenho taaaantas coisas pra fazer antes que não sei se vai dar tempo! Mas fica um beijo ENORME!!

sexta-feira, setembro 15, 2006

Acredite se quiser... São 15:33 e o Oliver voltou do coma profundo em que estava!! Poizé, poizé, poizé...E bem hoje, no dia do PC, podia ser melhor??? Veio um moço aqui que só passou o dedo na placa de memória (pra tirar a estática) e pronto! Gente, o que não é a ignorância né? O que ele fez foi super simples e só levou 10 segundos. E o Oliver já estava down há 2 semanas por causa disso! É mole? Poizé...

(Nem acreditei quando abri meu Orkut agora há pouco! Que sensação deliciosa! Mas... Vamos ao pc?


POST COMUNITÁRIO
ORIGINALE DO BRASIL by Micha

Tema: Filmes. Qual é o filme que você mais gosta e por quê? Qual foi o impacto dele na sua vida? Qual o seu ator/atriz favorito(a) e por que você se identifica tanto com ele(a)?

Eu não tenho assim um "filme preferido". Tendo mesmo que responder, eu diria logo "O Senhor dos Anéis", porque é o filme do livro da minha vida e tals mas... esse filme não é o meu prferio de verdade, é mais só pra ter uma resposta que eu diria isso.

Eu gosto de alguns determinados filmes que vejo SEMPRE que passa e tenho certeza que verei mais quantas passar até o fim dos meus dias, e então, acho que esses são os meus filmes preferidos.

Não, não dá pra dizer que eu escolheria somente um deles, pois seria muuuito injusto. Mas se estivessem passando todos no mesmo horário em canais diferentes e eu tivesse que escolher, a ordem seria mais ou menos essa (super sujeita a mudanças na ocasião real):

> Jerry Maguire - a Grande Virada (Tom Cruise - "eterno" e antes de dar a louca - dizendo "eu te amo, você me completa"... ai ai...eu SEMPRE VEJO E SEMPRE CHORO)
.
> Um Lugar chamado Nothing Hill (filme lindo com a música mais linda "She - Elvis Costelo" no final! Bom DEMAIS)
.
> Mensagem para você (Porque é tãããããããão meiguinho e agua-com-açúcar...)

> Impacto Profundo (nossa... eu curto muito esse filme, mesmo sendo super sem-graça)

> Patch Adams - O Amor é Contagioso ("sometimes, when you lose, you win" = buáááááááááá)

> O fantasma da Òpera (pena que passa tão pouco)

> A casa dos espíritos (just perfect, queria ler o livro)

> De amor e de sombras (por sinal é livro da mesma autora do supracitado - Isabel Allende)

Pois é, esses são "Il preferiti" de Juliana. Aqueles que ela prefere ver a arriscar ver algum filme novo que ela desconfia que não será tão bom... cujo impacto normalmete tem a ver com os sentimentos mais românticos da minha alma e resulta sempre numa torrente de lágrimas...rs...

Quanto a ator/ atriz preferido? Aí fica mais dificil ainda, porque não tenho mesmo, a não ser pelo critério de beleza, mas será que vale? Acho que não, então vou deixar pra lá, afinal que que adianta dizer que eu acho o Johnny Depp gostoso, o Tom Cruise eterno e o Brad Pitt um pedaço de mal caminho? Não faz a menor diferença dizer que eu acho que beijaria a Jolie e a Nicole Kidman e ia ficar ser duro (mas eu consegueria!) permanecer fiel se o Orlando Bloom viesse cheio de amor pra dar, mas isso não vem ao caso... não é nada relevante mesmo.

Bom, enfim, termino dizendo que essa pergunta foi uma das mais dificeís de responder em todos os pcs que participei!

... ... ...

Essa semana mantive minha dieta com tranquilidade, mas só me pesarei prar conferir os resultados amanhã. Resolvi que só me pesarei semanalmente na balança que tem na casa do meu namoradolindo para não haver nenhum estresse por não ter peridio nada de um dia pro outro e nem confusões em balanças com diferentes regulagens.

... ... ...

Já devo ter comentado que as minhas férias acabaram, mas foi só nessa segunda que elas acabaram de verdade, está tudo - como sempre - uma bagunça na minha facul, professor que não vai, matérias inúteis, tenho uma profª que parece que saiu de dentro de um livro´do Harry Potter (mto figura!!), vários professores chatos e estou tendo aula todo dia de manhã e de noite. Acho que me mudarei definitivamente do305 para lá, pra poupar passagem e caminhadas (eu vou muito a pé pra lá)... aiai já tô precisando de férias de novo...

... ... ...

Tchau e bença pra vcs!

domingo, setembro 10, 2006

Último dia do feriado. Daqui a pouco eu volto pra NKt...

Esse feriado foi legal, apesar do frio chaaaato...
Vi muitos dos meus amigos (faltaram as amigas!), curti meu namorado, minha família e minha casa, saí, vi filmes (As aventuras de Dick e Jane e Minha super ex-namorada) até fui na praia e comi pacas...

Dos cinco quilos do mantra, eu tinha conseguido perder 2! Agora, de volta a Nkt, vou reiniciar a dieta e tenho uma nova meta: Até meu niver emagrecerei 5 quilos!

Claro que essa é uma meta a curto prazo, porque eu ainda terei que perder, depois desses, mais 7 kilos. Eu fiz uns modelos virtuais super legais de como vou ficar antes e depois do processo, pra dar um incentivo. Olhem só:

Antes (balofosa) Depois (gostosa)


Até o meu niver emagrecei 5 Quilos

De 5 em 5, é assim que eu vou.

São 24 dias pra melhorar a alimentação

24 dias para me exercitar.

24 dias sem toddy, chocolate e guloseimas.

Até o meu niver emagrecerei 5 quilos.

Vou estar linda e gostosa ao completar 20 anos.

Vou sair ótima nas fotos.

5 quilos.

5 quilos até dia 4 de outubro de 2006.

Resolução tomada.

Até o meu aniversário emagrecerei 5 quilos.

p.s: Eu só queria dizer que amo tanto tanto tanto o meu namoradolindo que fico até doida! Fiquei tão feliz dele ter podido vir no feriado, que foi bom quase esclusivamente por isso...

quinta-feira, setembro 07, 2006

Nada melhor para comemorar nosso Independence day do que brincar! Vamos brincar comigo?
Fui etiquetada

Tenho que falar 6 coisas sobre mim e deixo a cargo de quem quiser participar da brincadeira se etiquetar tb!!

1. Sou medrosa e chorona.
Choro até vendo filmes como "Legalmente Loira". E quando vejo uma barata vocês já sabem o que acontece...

2. Só tomo banho quente.
Não tô nem aí se lá fora tá fazendo 45°. Tomo banho pelando - de sair vapor e preencher todo o banheiro, embaçar o espelho... a-do-ro!

3. Falo muita merda.
Adoro um papo meio ou totalmente pervertido, falar sacanagem é comigo mesmo!!

4. Não me acho, sou!
Gente... eu me comeria!!! Sou super narcisista, adoro me olhar no espelho, ficar me namorando, tem que ver! Sou uma metida de marca maior, só que inrustida!

5. Reclamo de tudo.
Esse é o único esporte que pratico com prazer!! Rs, sou muito reclamona, meu Dignissímo que o diga!!!

6. Queria ser escritora.
Já começei a escrever um livro, mas não tenho talento nem paciência para terminá-lo. É um de avemtura, e não decidi o final, nem o meio. Pra falar verdade, já modifiuei o começo diversas vezes também. Aí engavetei. Quem sabe um dia?

x xxx xxx xxx x

Se no Orkut fosse permitido apenas 09 (nove) comunidades, sendo cada uma de um gênero diferente quais seriam as suas?

As minhas:

1 - Seriado: - [Gente, eu devo ser alien, não vejo nenhum seriado!]

2 - Música: Foo Fighters [ Sorry, Bono, I also love you but...]

3 - Doença: Divisória da calçada [Transtorno Obssessivo Compulsivo]

4 - Clichê: Eu odeio domingo a noite [Horas de infindável tortura]

5 - Peculiaridade: Eu falo sozinho em Inglês [Oh, yeah... I do...]

6 - Comida: Donuts [Quase foi chocolate, mas donuts são mais variados!]

7 - Tosqueira: Minha Barbie era piranha [Desde de pequena já...hahaha]

8 - Eu odeio: Eu odeio cagar molhado [conhece essa sensação desagradável? join!]

9 - Utilidade Pública: Diga não às pirralhas precoces! [Morte! Fogueira!]

quarta-feira, setembro 06, 2006

Eu não gosto de ficar sem o Oliver por que, as vezes, na solidão do 305 e dos rostos eternamente desconhecidos de Niterói, ele é o meu melhor amigo. Odeio perder post dos meus amigos virtuais e "virturreais", porque estou longe dos meus amigos reais e fico me sentindo perdida num lugar que as vezes me é familiar, mas ao qual eu não tenho certeza se pertenço ou não. It's good to be here.


What you don't have you don't need it now
What you don't know you can feel it somehow

(U2 - Beautiful Day)

Faltam 28 para que eu complete 1/5 de século, 1/8 do que eu desejo viver.
Eu tenho medo porque vou fazer 20 anos e sempre achei que fosse ser a melhor época da minha vida, e quase é mesmo, mas eu não sei bem. Não sei bem de nada e sempre achei que, com 20 anos, ia saber de tudo. Scary ideas on my mind... Eu não sou ninguém do que achava que fosse ser, e isso ainda quer dizer que eu posse ser tudo, qualquer coisa. Na atual conjectura não sei se essa ousadia de ter tantas possibilidades é boa ou ruim. Pois é, a Juliana tem medo de crescer... Por isso o rótulo de boneca é o que mais a agrada. Tenho 28 para aprender tudo que não sei, ou descobrir que não preciso saber nada e me acalmar com isso.


It's just a moment, this time will pass...
(U2, Stuck in a moment)

E se eu cortasse o cabelo? Morro de vontade, porque não? Bem na altura dos ombro? Ele não ia mais armar como eu sempre odiei que fizesse, pq agora nós nos damos bem, eu trato ele bem e ele me obedece a maior parte do tempo, como um filho meio rebelde que só precisa ser bem disciplinado. Será que tudo ia ficar diferente, que a pessoa no espelo seria nova e a vida se renovaria também? Mas que bobeira... uma coisa não tem nada a ver com a outra...
E se eu cortasse o cabelo? Passe vários (4) anos esperando que ele crescesse, tratando, gastando uma baba de dinheiro nele.
E se eu fosse lá e cortasse? Pelo menos eu ia ter um motivo concreto pra chorar, se me arrependesse!
E se? Tenho que amadurecer essa idéia. Tenho que amadurecer...


Leave it behind
You've got to leave it behind
All that you fashion
All that you make
All that you build
All that you break
All that you measure
All that you steal
All this you can leave behind
All that you reason
All that you sense
All that you speak
All you dress up
All that you scheme…
All this you can leave behind
(U2 - Walk on)
.
E o feriado, hein? Feriado: Lugar preferido + pessoas preferidas = Perfect!
.
It's a beutiful day...
(U2 - Beautiful day)

sexta-feira, setembro 01, 2006

POST COMUNITÁRIO
ORIGINALE DO BRASIL by
Micha

TEMA: Se eu fosse você. O que vc gostaria de fazer se fosse de sexo oposto por uma semana? Se vc é mulher, o que vc acha legal nos homens, mas que vc não pode fazer pelo seu sexo? E p/ quem é homem, o que gostariam de fazer se fossem mulher???

Como eu sempre digo pro Dignissímo : "Se eu tivesse um pênis, eu ia me divetir muuuuito."
(Sem pensar bobeiras, seus leitores maliciosos!!!
Aliás, podem pensar bobeira sim pq eu pensei tb!)

Ora, senhoras e senhores, pois não é divertidissímo o órgão sexual masculino?
Vamos ser sinceros, é um negócio engraçadinho mesmo. Daquele jeitinho que eu não preciso descrever aqui, penduradinho pra fora, dá pra ver perfeitamente e com facilidade (sem precisar ser contorcionista ou ficar numa posição semi-ginecolócia que é embarassante mesmo quando estamos sozinhas no quarto/banheiro/ect.), é manuseável e "manobrável", enfim: É um apêndice engraçadinho mesmo. Se eu virasse homem por um tempinho, ia ficar brincando com ele, olhando, admirando... rs... É um treco muito diferente mesmo, esquisito, sei lá, pra mim, que não tenho um, é interessantissímo!

E o aparelho ainda é multiuso: Serve para excreção e reprodução, e até mesmo para coçar! Mas a função mais maravilhosa dele é, para mim, a que me deixa mais tentada para ser homem: Fazer xixi em pé. Ò, que sonho de consumo!

E eis que, nesse mundo que ainda hoje é machistão, a única coisa que me seduz e fascina no sexo oposto é esta incrível habilidade, que facilitaria tanto a minha vida. Eu, que tenho a bexiga solta, faço xixi o tempo todo, só vejo vantagem nessa capacidade. Toda aquele papo da discriminação - que é realidade pura, infelizmente - da mulher no mercado de trabalho, da visão da mulher como objeto, da dupla jornada feminina entre trabalho e casa, das dificuldades em ser mulher e tal, para mim não são obstáculos, não. Eu curto ser mulher.

Os homens também enfrentam problemas puramente por pertencerem ao sexo masculino, ou vocês têm a ilusão de que tudo é mais fácil para eles? Claróvisky que não! Vocês acham que só porque eles não menstruam, não têm que depilar, não têm tpm, são - não adianta dizer que não - bem menos cobrados em relação à aparência, são mais fortes e mais práticos (a grande maioria), têm bem menos grilos em relação a tudo que se possa pensar e podem fazer xixi em pé, que tudo é fácil para eles? Pois é. Não é não. Eles têm outras cobranças (ser provedores, demonstrar sempre sua masculinidade, esconder os sentimentos), outras inseguranças (ficar careca, brocha, ser péssimo amante, levar chifre), e também acham que - surpreendentemente - tudo é mais fácil para as mulheres.

Em pesquisa de campo com Namorado e amigos, eu descobri que eles acham que: Elas entram nas boates mais facilmente que os homens; pagam menos nos ingressos do que os caras; arrumam emprego mais fácil do que os homens (ex.: se for procurar emprego em uma loja - disse Ty - a mulher é mais fácil de entrar do que o homem); conseguem sempre um favor ou uma vontade com um simples sorisso (ex.: Sorriso + "Tio, pode ficar faltando R$ 0,50 na passagem?" = "Claro, passa aê"); nunca precisam fazer trabalho físico - sempre aparece um marmanjo pra ajudar a trocar o pneu ou carregar o peso; se ganham menos que o homem não é vergonha (ok, foi machista, mas é o que a maioria deles pensam mesmo), e quanto à maternidade, são sempre superconsideradas em detrimento dos pais, por mais legais, dedicados e presentes que estem sejam.

Assim sendo, eu não invejo o homem em nada, mas se eu virasse um por uma semana, ia me divertir horrores com meu pênis, fazendo tanto xixi em pé quanto pudesse! Ia beber 5 litros de àgua por dia!! Mas só isso mesmo, que é o que eu acho mais legal!

Segue um texto que recebi por email e ilusta bem essa questão "urinológica".

O QUE TODO HOMEM DEVERIA SABER SOBRE BANHEIROS FEMININOS.

Banheiros Femininos: Minha mãe ficava histérica com os banheiros públicos, quando pequena me levava ao banheiro, me ensinava a limpar a tampa do vaso com papel higiênico e cobrir cuidadosamente com tiras de papel em toda a borda. Finalmente me instruía: "Nunca, NUNCA se sente em um banheiro público". Logo me mostrava "A posição" que consiste em se equilibrar sobre o vaso emuma posição de sentar sem que o corpo entre em contato com o vaso. Isso foi há muito tempo, mas ainda hoje em nossa idade adulta, "a posição" é dolorosamente difícil de manter quando a bexiga está quase estourando.

Quando você "tem que ir" a um banheiro público, sempre encontra uma filade mulheres que te faz pensar que as cuecas do Brad Pitt estão à venda pelametade do preço. E assim espera pacientemente e sorri amavelmente às outras mulheres que também estão discretamente cruzando as pernas. Finalmente é a sua vez, você olha cada cubículo por baixo da porta pra verse não há pernas. Todos estão ocupados, mas finalmente uma porta se abre e você entra quase jogando a pessoa que está saindo. Você entra e percebe que o trinco não funciona, mas não importa... Você pendura a bolsa no gancho que tem atrás da porta e, se não tem gancho, você a pendura no pescoço mesmo, enquanto se equilibra, sem contar que a alçada bolsa quase corta a sua nuca, porque está cheia de porcarias que você foi jogando dentro, das quais não usa a maioria, mas as tem aí, para o caso de "e se eu precisar?" Mas, voltando à porta... como não tinha trinco só lhe queda a opção desegurá-la com uma mão, enquanto com a outra você abaixa a calcinha e fica"em posição"

Alívio... ahhhhhh... mais alívio, aí é quando suas pernas começam arelaxar e você adoraria sentar, mas não teve tempo de limpar o vaso e nem cobrir com papel, nessa hora você quase tem um treco de tão aliviada, ai dá uma desequilibrada e erra a mira. Pronto, o suficiente pra ficar molhada até as meias, e é obvio que dá pra notar. Para afastar o pensamento dessa desgraça, você procura o rolo de papel higiênico... maaaas.. hehehe, o rolo tá vazio! E as suas pernas continuam querendo relaxar. Ai você lembra de um pedacinho de papel que tá na bolsa, meio usado porque você já limpou o nariz com ele, mas vai ter que servir, você o amassa pra absorver o máximo possível, mas ele é muito pequeno, e ainda tá sujo de meleca. Nisso alguém empurra a porta e, como o trinco não funciona, você recebe uma baita portada na cabeça. Aí você grita "tem genteeeeee" enquanto continua empurrando a porta com amão livre e o pedacinho de papel que você tinha na mão cai exatamente em uma pequena poça que tinha no chão e você não sabe se é água ou xixi... hehehe... você vai de costas e desequilibra, caindo sentada no vaso.Você se levanta rapidamente, mas já é tarde, seu traseiro já entrou em contato com todos os germes e formas de vida do vaso porque VOCÊ não o cobriu com papel higiênico, que de qualquer maneira não havia, mesmo se você tivesse tido tempo de fazer isso.
Sem contar o golpe na cabeça, o quase corte na nuca pela alça da bolsa, a espirrada de xixi nas pernas e nas meias, que ainda estão molhadas... a lembrança de sua mãe que estaria terrivelmente envergonhada de você,porque o traseiro dela nunca sequer tocou o assento de um banheiro público,porquefrancamente, "você não sabe que tipo de doença poderia pegar ai".

Mas a aventura não termina ai... Agora a descarga do banheiro, que ta tão desregulada que jorra água como se fosse uma fonte e manda tudo pro esgoto com tanta força que você tem que se segurar no porta-papel (quando tem) com medo de que aquele negócio te leve junto e te mande pra China. Ai é finalmente quanto você se rende, está ensopada pela água que saiu da privada como uma fonte.Você está exausta. E sai passando pelafilade mulheres que ainda estão esperando com as pernas cruzadas e nesse momento você é incapaz de sorrir cortesmente. Uma alma caridosa no fim da fila te diz que você ta com um pedaço de papel higiênico do tamanho do rio Amazonas grudado no sapato! Você puxa o papel do salto e sai. Nesse momento, seu namorado ou marido que entrou, usou e saiu do banheiro masculino e teve tempo de sobra pra ler"Guerra e Paz" enquanto esperava te pergunta: "Porque demorou tanto?"É nessa hora que você dá um chute no saco dele e o manda pra putaqueopariu!


Texto dedicado a todas as mulheres de todas as partes do mundo que játiveram que usar
um banheiro público. E finalmente explica a vocês, homens, porque nós demoramos tanto.